Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.953,90
    +411,95 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.743,15
    +218,70 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,46
    +2,70 (+2,55%)
     
  • OURO

    1.812,90
    +5,60 (+0,31%)
     
  • BTC-USD

    19.283,37
    -111,34 (-0,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    420,84
    +0,70 (+0,17%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,83 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.168,65
    -0,63 (-0,01%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    25.935,62
    -457,42 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.610,50
    +81,00 (+0,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5587
    +0,0531 (+0,96%)
     

Rede Blockchain Brasil será lançada na segunda-feira; entenda o que é

Rede Blockchain Brasil será lançada na sede do TCU(Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado)
Rede Blockchain Brasil será lançada na sede do TCU(Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado)
  • Uma das vantagens da rede blockchain é combater fraudes públicas através do controle de contas;

  • A Rede Blockchain Brasil será em Brasília na sede do TCU;

  • Na cerimônia, o projeto será apresentado para potenciais novos participantes;

O lançamento oficial da Rede Blockchain Brasil será feito em um evento que será nesta segunda-feira (30), no Auditório Ministro Pereira Lira, na sede do Tribunal de Contas da União (TCU), em Brasília e contará com uma transmissão online pelo canal do YouTube do órgão. Conforme divulgado no portal do TCU, o lançamento ocorre por meio de uma parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

O objetivo da rede pública e sem fins lucrativos, é conectar as instituições participantes em uma estrutura de governança e infraestrutura tecnológica para facilitar a adoção da tecnologia blockchain em soluções voltadas ao interesse público. Na cerimônia de lançamento, a meta também é divulgar a criação da rede a futuros participantes interessados em fazer parte dela.

De acordo com a programação do evento, serão ouvidos potenciais participantes da rede que já atuam em fase experimental e vêm discutindo aspectos técnicos, a partir de suas experiências de uso. Na ocasião, as instituições também serão convidadas formalmente a ingressar na rede.

A parceria do TCU com o BNDES busca levar mais segurança e transparência a “transações de instituições públicas e de interesse público”.

“A rede, pública e sem fins lucrativos, terá abrangência nacional e conectará as instituições participantes em uma estrutura de governança e infraestrutura tecnológica com o objetivo de facilitar a adoção da tecnologia blockchain em soluções voltadas ao interesse público.”

O controle de contas, que poderá facilitar o combate à corrupção no Brasil, assim como de fraudes no setor público é uma das vantagens da novidade. Além disso, o próprio governo ganha com a nova conexão e diminuição de burocracias, Vale ressaltar que o projeto está em fase inicial.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos