Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.221,19 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,64 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    46.533,53
    +286,86 (+0,62%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,64 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,96 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,26 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7583
    +0,0194 (+0,29%)
     

Rede apoiada por Warren Buffett compra usina de etanol nos EUA

Kim Chipman
·3 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Uma extensa rede de serviços para caminhoneiros — que tem a Berkshire Hathaway de Warren Buffett entre os sócios — está comprando uma usina de etanol em um momento de potencial recuperação deste setor tão abalado.

A Green Plains informou que planeja vender uma usina de etanol com capacidade para 246 milhões de litros para a GreenAmerica Biofuels Ord por US$ 64 milhões. A GreenAmerica é uma unidade da Pilot, que tem sede em Knoxville, no Tennessee, e se identifica como a décima maior empresa de capital fechado dos EUA e a maior operadora americana de centros de atendimento a caminhoneiros e viajantes.

A Berkshire possui 38,6% da Pilot e a transação posiciona a holding de Buffett para aproveitar a retomada da demanda de combustível diante da vacinação contra Covid-19 nos EUA e o crescimento das exportações para países como a China. A operadora ferroviária BNSF Railway, da Berkshire, já transporta etanol pelo país.

A trading agrícola Archer-Daniels-Midland vê sinais iniciais de recuperação na indústria do etanol, após algumas companhias do setor fecharem usinas ou optarem pela produção de álcool gel. Durante uma teleconferência na terça-feira para discutir os resultados da ADM, o diretor financeiro disse que os acordos de compra de etanol americano pela China no primeiro semestre de 2021 podem se equiparar ao recorde atingido para um ano inteiro.

As produtoras de etanol enfrentam um período difícil. O custo do milho usado para produzir o biocombustível disparou à medida que a China compra mais grãos dos EUA para alimentar seu rebanho suíno. Paralelamente, a demanda por combustível despencou por causa das restrições de mobilidade para conter a pandemia.

Os preços do etanol estão se recuperando e atingiram o maior nível em mais de um ano em Chicago. O custo dos créditos que as refinarias precisam comprar em vez de misturar o biocombustível à gasolina quase dobrou de três meses para cá. A alta tem sido constante desde que Joe Biden venceu a disputa pela Casa Branca, se comprometendo a tratar as mudanças climáticas e criticando as dispensas concedidas às refinarias por seu antecessor Donald Trump.

A Pilot começou com um único posto de gasolina há 63 anos e se transformou em uma vasta rede de centros de atendimento a caminhoneiros e viajantes, com lojas de conveniência e franquias de fast food. A empresa se recusou a comentar sobre a transação. O presidente da Pilot, James Haslam III, é proprietário do time de futebol americano Cleveland Browns e irmão do ex-governador do Tennessee, Bill Haslam.

Representantes da Berkshire Hathaway não retornaram imediatamente o pedido de comentário da reportagem.

A Green Plains, com sede em Omaha, Nebraska, espera que a venda da usina de etanol seja concluída nos próximos 45 dias e resulte em ganho antes dos impostos ao redor de US$ 37 milhões. O negócio faz parte do plano capitaneado pelo CEO Todd Becker para transformá-la em uma companhia de tecnologia agrícola de ponta, deixando a produção de etanol à base de milho em segundo plano.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.