Recursos do PAC na meta fiscal somaram R$ 34,9 bilhões

O chefe-adjunto do Departamento Econômico do Banco Central, Fernando Rocha, disse que o total de recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) usado para atingir a meta fiscal de 2012 foi de R$ 34,9 bilhões. O teto previsto para abatimento era de R$ 40,6 bilhões, mas só ficam disponíveis para o cálculo, o volume, de fato, executado, de R$ 39,3 bilhões, conforme informou na terça-feira (29) o Tesouro Nacional. "O superávit atingiu 2,38% e esse número, descontados os investimentos do PAC, foi suficiente para cumprir a meta de 2012", disse.

Rocha salientou que a dívida líquida do setor público permaneceu em trajetória de queda, ao passar de 36,4% no final de 2011 para 35,1% no fim do ano passado. A projeção do BC é de que essa tendência de queda permaneça em 2013, já que a estimativa para este ano é de dívida líquida de 33,2% do PIB.

Carregando...