Mercado abrirá em 8 h 39 min
  • BOVESPA

    112.486,01
    +1.576,40 (+1,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.684,86
    +1.510,80 (+3,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,35
    -0,20 (-0,25%)
     
  • OURO

    1.788,20
    +28,30 (+1,61%)
     
  • BTC-USD

    17.147,55
    +199,97 (+1,18%)
     
  • CMC Crypto 200

    406,62
    +5,92 (+1,48%)
     
  • S&P500

    4.080,11
    +122,48 (+3,09%)
     
  • DOW JONES

    34.589,77
    +737,24 (+2,18%)
     
  • FTSE

    7.573,05
    +61,05 (+0,81%)
     
  • HANG SENG

    18.887,03
    +289,80 (+1,56%)
     
  • NIKKEI

    28.281,04
    +312,05 (+1,12%)
     
  • NASDAQ

    12.031,75
    -10,50 (-0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4066
    +0,0101 (+0,19%)
     

Recuperar depósitos na FTX fica improvável com colapso de ativos

(Bloomberg) -- O tombo no valor dos ativos digitais da FTX e saques não autorizados após o pedido de falência da bolsa de criptomoedas sugerem que os clientes têm pouca chance de recuperar seus depósitos.

Um balanço da bolsa do bilionário arruinado Sam Bankman-Fried enviado a investidores um dia antes de seu pedido de falência mostra que ela tinha quase US$ 9 bilhões em passivos e US$ 900 milhões em ativos líquidos, US$ 5,5 bilhões em ativos “menos líquidos” e US$ 3,2 bilhões em ativos “ilíquidos”, segundo fontes.

A maioria dos ativos, como as criptomoedas Serum, Solana e FTT, despencaram desde então.

Dentro de 24 horas após o pedido de falência, saques não autorizados de criptomedas, estimados em US$ 477 milhões pela Elliptic, diminuíram ainda mais o que sobrou para ressarcir os clientes. A FTX iniciou uma investigação com a polícia de um suposto roubo.

O balanço também mostrou um saldo negativo de US$ 8 bilhões em uma conta de moeda fiduciária “oculta e mal rotulada internamente”, e apontou para US$ 5 bilhões em saques de usuários no último domingo.

Uma nota que acompanhou o balanço diz: “Houve muitas coisas que eu gostaria de ter feito diferente, mas as maiores são essas duas: a conta bancária interna mal rotulada e o tamanho dos saques dos clientes.”

O balanço patrimonial é incompleto e não é minucioso, disse uma fonte. Bankman-Fried não respondeu a perguntas enviadas por e-mail sobre o balanço.

Seguem os principais ativos listados no balanço da FTX:

Serum: US$ 2,2 bilhões

O maior valor listado como ativo no balanço são US$ 2,2 bilhões em Serum, que caiu cerca de 38% desde o dia 10 de novembro. O valor de mercado do total de tokens Serum em circulação é de meros US$ 65 milhões, de acordo com dados da Coinmarketcap.

SOL: US$ 982 milhões

O balanço também lista US$ 982 milhões em Solana. A moeda caiu 24% nos últimos dois dias e seus desenvolvedores se distanciaram do ecossistema apoiado pela FTX.

MAPS: US$ 616 milhões

O preço do MAPS caiu 25% nos últimos dois dias. O atual valor total de mercado dos tokens é de apenas US$ 3,5 milhões, segundo a Coinmarketcap.

FTT: US$ 554 milhões

O preço do FTT, emitido pela FTX, caiu 50% nos últimos dois dias.

Ações da Robinhood: US$ 472 milhões

As ações da Robinhood subiram 13% na sexta-feira, o que significa que o valor patrimonial da participação na Robinhood aumentou em relação ao que o balanço mostra. No entanto, as participações de Bankman-Fried na Robinhood estavam sob uma entidade chamada Emergent Fidelity, que não está entre as entidades listadas no pedido de falência de sexta-feira.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.