Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,05 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,35 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +2,45 (+3,84%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -2,50 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    50.489,30
    +3.166,50 (+6,69%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,16 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,50 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,78 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    +197,50 (+1,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7780
    -0,0079 (-0,12%)
     

Recuperação industrial na China desacelera em janeiro com retorno da Covid-19, mostra PMI oficial

·1 minuto de leitura

PEQUIM (Reuters) - A atividade industrial da China cresceu ao ritmo mais lento em cinco meses em janeiro, abalada por uma onda de infecções domésticas por coronavírus, mas ainda em linha com a recuperação em curso na segunda maior economia do mundo.

O Índice de Gerentes de Compras oficial da indústria PMI) caiu para 51,3 em janeiro de 51,9 em dezembro, informou o escritório nacional de estatísticas em um comunicado no domingo.

O indicador permaneceu acima da marca de 50 pontos que separa o crescimento da contração em uma base mensal, mas estava abaixo dos 51,6 esperado por analistas, segundo uma pesquisa da Reuters.

No setor de serviços, a atividade se expandiu pelo 11º

mês consecutivo, mas também desacelerou, disse o departamento de estatísticas. O PMI de serviços oficial caiu para 52,4, ante 55,7 em dezembro.

O PMI composto oficial, que combina os dados da indústria e de serviços, caiu a 52,8, de 55,1 em dezembro.

Em janeiro, a China continental informou mais de 2 mil casos de coronavírus. Embora o número seja pequeno comparado

a outros países, as autoridades estavam preocupadas com

os riscos de transmissão durante o período de viagens do Ano Novo Lunar, que constitui a maior migração humana no mundo e acontece durante 40 dias em janeiro e fevereiro.

Durante o mês, várias grandes cidades foram fechadas com

dezenas de milhões testados para Covid-19, interrompendo a

atividade fabril e pesando no setor de serviços, incluindo

logística e transporte.

(Reportagem de Ryan Woo, Tina Qiao e Colin Qian)