Mercado abrirá em 4 h 54 min

Recuperação dos EUA segue lenta, alguns setores enfrentam dificuldades, diz Livro Bege do Fed

Por Jonnelle Marte
·2 minuto de leitura
.
.

Por Jonnelle Marte

(Reuters) - A economia dos Estados Unidos continuou a se recuperar em um ritmo leve a modesto até o início de outubro, com os consumidores comprando casas e aumentando os gastos, mas o quadro variou muito de setor para setor, disse o Federal Reserve nesta quarta-feira.

As informações constam no Livro Bege, espécie de sumário das condições econômicas dos EUA feito com base em pesquisa do Fed. A mais recente foi realizada em seus 12 distritos de setembro a 9 de outubro.

"Os distritos caracterizaram as perspectivas dos contatos como de forma geral otimistas ou positivas, mas com um grau considerável de incerteza", disse o Fed nos resultados da sondagem com as empresas.

Depois de um declínio entre o final de julho e o início de setembro, as infecções por coronavírus estão aumentando novamente nos Estados Unidos. Trinta e quatro dos 50 Estados viram aumento de novos casos por pelo menos duas semanas consecutivas, acima de 29 na semana anterior, de acordo com uma análise da Reuters.

A queda nas temperaturas neste período do ano pode levar mais consumidores a ambientes internos, potencialmente aumentando o número de casos. Restaurantes e outras empresas que se beneficiaram de atividades com mesas ao ar livre durante os meses de verão também podem enfrentar outro contratempo se o tráfego de clientes diminuir.

A presidente da Câmara dos Deputados, a democrata Nancy Pelosi, reiterou nesta quarta-feira que está "otimista" com a possibilidade de o Congresso apresentar outro pacote de ajuda para ajudar famílias e empresas em dificuldades antes da eleição de 3 de novembro, mas as dúvidas persistem se os republicanos vão concordar.

Os formuladores de política monetária do Fed prometeram na reunião de setembro manter as taxas de juros perto de zero até que a inflação esteja a caminho de ficar moderadamente acima da meta de 2% do banco central por algum tempo e até que o mercado de trabalho esteja mais perto do pleno emprego.

As autoridades do Fed devem se reunir novamente logo após a eleição presidencial, concluindo seu próximo encontro em 5 de novembro.