Mercado fechará em 5 h 15 min
  • BOVESPA

    109.712,93
    +1.225,05 (+1,13%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.541,76
    +23,46 (+0,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,46
    -0,82 (-0,74%)
     
  • OURO

    1.852,50
    +10,40 (+0,56%)
     
  • BTC-USD

    30.248,25
    +263,70 (+0,88%)
     
  • CMC Crypto 200

    678,52
    +3,64 (+0,54%)
     
  • S&P500

    3.946,76
    +45,40 (+1,16%)
     
  • DOW JONES

    31.733,66
    +471,76 (+1,51%)
     
  • FTSE

    7.500,15
    +110,17 (+1,49%)
     
  • HANG SENG

    20.470,06
    -247,18 (-1,19%)
     
  • NIKKEI

    27.001,52
    +262,49 (+0,98%)
     
  • NASDAQ

    11.924,75
    +84,00 (+0,71%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1189
    -0,0339 (-0,66%)
     

Crescimento da Netflix desacelera e preocupa mercado

·2 min de leitura
Chegada de grandes concorrentes assusta investidores e diminui projeções de crescimento. (Jakub Porzycki/NurPhoto via Getty Images)
Chegada de grandes concorrentes assusta investidores e diminui projeções de crescimento. (Jakub Porzycki/NurPhoto via Getty Images)
  • 2021 marcou positivamente os índices da Netflix;

  • Produções e assinantes batem recordes;

  • O crescimento está menor por conta da concorrência.

2021 foi o ano do serviço de filmes e séries por demanda, Netflix. A série sul-coreana 'Round 6', foi vista em 111 milhões de lares. O filme norte-americano 'Não Olhe para Cima' foi assistido em 152 milhões de casas, até o dia 2 deste mês. Mesmo assim o crescimento da companhia está ficando mais devagar.

Nos últimos três meses do no ano passado a companhia conquistou mais 8,28 milhões de clientes, bem mais do que os 4,38 novos consumidores de julho a setembro de 2021. Hoje a Netflix conta com aproximadamente 221,84 milhões de assinantes ao redor do mundo. Para facilitar a compreensão, é como se todos os brasileiros, inclusive as crianças, assinassem a Netflix.

Leia mais:

No final de 2021 a empresa alcançou R$ 41,7 bilhões (US$ 7,71 bilhões) em receita, um valor 16% maior se comparado com o mesmo período de 2020. Até aqui os números da Netflix vão bem. Cada vez mais as pessoas consumem a plataforma e produções batem recorde.

As ações da empresa estão dando lucro de R$ 7,20 (US$ 1,33), cada uma. O valor está acima da projeção de R$ 4,76 (US$ 0,88) para 2021. No entanto o aumento nos custos da companhia estão assustando os investidores.

O que preocupa os investidores é a chegada de outros gigantes ao segmento de filmes por demanda, como Disney e HBO, por exemplo.

Em nota a Netflix explica a postura que adota nesta situação e salienta o crescimento dos últimos tempos. “Os consumidores sempre tiveram muitas opções quando se trata de entretenimento – uma competição que só se intensificou nos últimos 24 meses, à medida que empresas de entretenimento de todo o mundo desenvolvem sua própria oferta de streaming”.

A companhia também frisa que o crescimento permanece, mesmo que mais devagar. “Embora essa competição adicional possa estar afetando nosso crescimento marginal, continuamos a crescer em todos os países e regiões em que essas novas alternativas de streaming foram lançadas", disse a Netflix em nota.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos