Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.773,68
    +125,69 (+0,11%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.631,12
    -167,26 (-0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,49
    +0,21 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.766,20
    -2,10 (-0,12%)
     
  • BTC-USD

    61.381,53
    +622,28 (+1,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.431,25
    -20,38 (-1,40%)
     
  • S&P500

    4.485,12
    +13,75 (+0,31%)
     
  • DOW JONES

    35.245,18
    -49,58 (-0,14%)
     
  • FTSE

    7.203,83
    -30,20 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    25.409,75
    +78,75 (+0,31%)
     
  • NIKKEI

    29.025,46
    +474,56 (+1,66%)
     
  • NASDAQ

    15.269,50
    +135,00 (+0,89%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3946
    -0,0092 (-0,14%)
     

Reclamações das conhecidas ‘ligações de telemarketing’ caem 26% em agosto

·2 minuto de leitura
Reclamações das conhecidas ‘ligações de telemarketing’ caem 26% em agosto
Reclamações das conhecidas ‘ligações de telemarketing’ caem 26% em agosto

Segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), as reclamações de ligações de serviços de telecomunicações, como o de telemarketing, caíram 26,4% em agosto na comparação com o mesmo período em 2020.

De acordo com os números, no ano passado foram registradas 244.973 reclamações; já em agosto de 2021, apenas 180.232. Isso representa uma redução de 64.741 queixas.

Contudo, essa é uma queda observada há cinco anos: entre 2016 e 2020, o número total de queixas caiu 35,3%.

“As reclamações de usuários de telecom registraram queda em todos os meses de 2021 e, nos últimos cinco meses, essas reduções foram acima de dois dígitos”, disse o presidente executivo da Conexis Brasil Digital, Marcos Ferrari.

As quedas nas reclamações também são verificadas em outras plataformas como o Procon, com o projeto “Não Me Ligue”.

Em 2015, a cada 10 mil clientes de telecomunicações, 23 reclamavam. Em 2020, a cada 10 mil clientes apenas 13 fizeram reclamações.

Anatel. imagem: Shutterstock
Reclamações das conhecidas “ligações de telemarketing” caem 26% em agosto. Imagem: Shutterstock

Para Ferrari, o fenômeno mostra a efetividade dos investimentos realizados pelo setor, como o da ferramenta “Não me Perturbe”, onde o usuário pode cadastrar seu telefone para não receber as incomodas e indesejadas ligações de telemarketing e crédito consignado.

O recurso, criado pela Anatel, é de uso gratutio e você pdoe saber mais sobe a ferramenta e sobre como utilizá-la, neste nosso tutorial aqui.

Na telefonia móvel, a pesquisa observou que as reclamações caíram apenas 17% em agosto, se comparada ao mesmo mês do ano passado, passando de 116.572 para 96.708.

Em live realizada pelo Telesíntese com representantes da Anatel, Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), e da sociedade civil, as organizações concordaram que, em relação às operadoras, ainda há muito a se fazer, já que elas precisam reduzir ainda mais o número de reclamação de clientes.

Além disso, para a Superintendente de Relação com os Consumidores da Anatel, Elisa Leonel, o sistema “Não Me Perturbe” também precisa de ajustes para se tornar ainda mais efetivo contra os telefonemas.

Leia mais!

No último ano, os principais serviços de telecomunicações apresentaram redução nas reclamações, com destaque para a TV por assinatura, cujo índice caiu de 23.194 para 12.202, o que representa 47,4%.

No serviço de internet de banda larga fixa, as reclamações também tiveram queda, passando de 64.689 para 43.901, o equivalente a 32,1%.

Crédito Imagem principal: R.classen/Shutterstock

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos