Mercado abrirá em 7 h 49 min
  • BOVESPA

    107.557,67
    +698,80 (+0,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.918,28
    +312,72 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,80
    -0,25 (-0,35%)
     
  • OURO

    1.788,60
    +3,90 (+0,22%)
     
  • BTC-USD

    50.315,73
    -859,65 (-1,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.301,12
    -20,16 (-1,53%)
     
  • S&P500

    4.686,75
    +95,08 (+2,07%)
     
  • DOW JONES

    35.719,43
    +492,40 (+1,40%)
     
  • FTSE

    7.339,90
    +107,62 (+1,49%)
     
  • HANG SENG

    23.964,36
    -19,30 (-0,08%)
     
  • NIKKEI

    28.871,71
    +416,11 (+1,46%)
     
  • NASDAQ

    16.410,50
    +92,50 (+0,57%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3523
    +0,0126 (+0,20%)
     

Recém-lançado, app do Auxílio Brasil mostra instabilidade e revolta usuários

·1 min de leitura
O aplicativo do Auxílio Brasil, recém-lançado, é alvo de críticas dos usuários desde o primeiro dia de pagamento do auxílio, na quarta-feira (17). (Reprodução / Governo Federal do Brasil)
  • Usuários relatam problemas para entrar no aplicativo e receber o Auxílio Brasil

  • Caixa Econômica afirma que o sistema não mostrou instabilidades

  • Mesmo que a pessoa não tenha o app, ela vai receber o auxílio de forma normal

O aplicativo do Auxílio Brasil, recém-lançado, é alvo de críticas dos usuários desde o primeiro dia de pagamento do auxílio, na quarta-feira (17). A principal reclamação dos usuários que buscavam informações sobre o benefício era de que o sistema não funcionava, não carregava, e pedia para tentar novo acesso "novamente mais tarde".

Leia também

O aplicativo está disponível na Play Store e na Apple Store. Sem conseguir informações remotamente, trabalhadores buscaram as agências da Caixa em todo país, e foram registradas filas em várias localidades.

De acordo com a Caixa, os usuários que possuem o app do Bolsa Família com os dados cadastrados, vão passar, de forma escalonada, por uma atualização que os levará ao Auxílio Brasil. Porém, uma série de usuários seguiam reclamando do não funcionamento do aplicativo. O banco estatal informou, porém, que não foram constatadas instabilidades no aplicativo.

Caixa afirma que o sistema não mostrou instabilidades

Caixa Econômica Federal informou que não foram constatadas instabilidades no aplicativo. Na terça-feira, o banco havia informado que o beneficiário que já recebe o Bolsa Família, na prática, não precisará baixar novamente porque a transição é automática, é preciso somente atualizar o sistema.

Ainda de acordo com a Caixa, o novo aplicativo será liberado aos usuários gradativamente para evitar congestionamento. Quem ainda não tiver migrado de aplicativo vai receber o benefício normalmente. O banco declarou ainda que se o usuário não conseguir baixar o sistema agora, ele deve "tentar mais tarde", devido ao grande número de acessos.

*Com informações do Extra

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos