Receitas administradas têm pior resultado desde 2009

Influenciada pelo fraco crescimento da economia, a arrecadação das receitas administradas pela Receita Federal apresentou em 2012 o pior resultado desde 2009. Números divulgados nesta quarta-feira mostram que a arrecadação das receitas administradas (que exclui taxas e contribuições cobradas por outros órgãos) teve um desempenho próximo a zero em 2012, com alta de 0,27% em relação a 2011. Em 2010 e 2011, a arrecadação teve uma alta real na casa dos 10%. Em 2009, a arrecadação registrou queda de 2,74% puxada pelo impacto da crise financeira na época na economia brasileira.

No início de 2012, o governo previa um crescimento de 3,5% a 4,0% da arrecadação, mas ao longo de 2012 foi revisando suas estimativas porque o crescimento mais baixo e o aumento das desonerações tributárias concedidas pelo governo tiveram um forte impacto na arrecadação. Em outubro, a Agência Estado antecipou que a arrecadação ficaria próxima de zero, como ocorreu. Naquele momento, o governo ainda insistia publicamente em que seria possível crescer em torno de 2%.

cotações recentes

 
Cotações recentes
Símbolo Preço Variação % Var 
Seus tickers vistos mais recentemente aparecerão aqui automaticamente se você digitou um ticker no campo "Inserir símbolo/empresa" na parte inferior deste módulo.
É necessário permitir os cookies do seu navegador para ver as cotações mais recentes.
 
Entre para ver as cotações nos seus portfólios.

Resumo do Mercado

  • Moedas
    Moedas
    NomePreçoVariação% Variação
    3,2309-0,0029-0,09%
    USDBRL=X
    3,6361-0,0186-0,51%
    EURBRL=X
    0,8878+0,0034+0,38%
    USDEUR=X
  • Commodities
    Commodities
    NomePreçoVariação% Variação

Destaques do Mercado

  • Líderes em Volume
    Líderes em Volume
    NomePreçoVariação% Variação
    3,81-0,06-1,55%
    GOAU4.SA
    12,58-0,09-0,71%
    PETR4.SA
    3,67-0,06-1,61%
    USIM5.SA
    9,50-0,22-2,26%
    GGBR4.SA
    15,61-0,20-1,27%
    VALE5.SA
  • Altas %
    Altas %
    NomePreçoVariação% Variação
    4,92+0,62+14,42%
    FRAS3.SA
    14,05+1,18+9,17%
    CESP6.SA
    12,79+0,90+7,57%
    CESP3.SA
    1,77+0,15+9,26%
    CCXC3.SA
    2,12+0,12+6,00%
    REDE3.SA
  • Baixas %
    Baixas %
    NomePreçoVariação% Variação
    4,20-0,67-13,76%
    INEP3.SA
    4,68-0,27-5,45%
    TECN3.SA
    4,10-0,27-6,18%
    PLAS3.SA
    4,21-0,24-5,39%
    IMBI4.SA
    7,70-0,38-4,70%
    LUPA3.SA