Mercado fechará em 3 h 9 min

Receita líquida do setor de máquinas e equipamentos chega a R$ 12,51 bi em agosto

Ana Paula Machado
·1 minuto de leitura

O dado foi divulgado nesta quarta-feira pela Abimaq A receita líquida do setor de máquinas e equipamentos em agosto alcançou R$ 12,51 bilhões em agosto, um desempenho 4,4% superior ao mesmo mês do ano passado. No acumulado do ano, o faturamento da indústria chegou a R$ 82,17 bilhões, o que representou queda de 4,4% no comparativo com 2019. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). De acordo com os dados, a receita líquida interna alcançou R$ 9,5 bilhões, alta de 16,5% em relação a agosto de 2019. No acumulado, o indicador chegou a R$ 58,15 bilhões o que representou uma pequena evolução de 0,7% no comparativo com o ano passado. Já o consumo aparente chegou a R$ 16,20 bilhões, uma queda de 10% em relação a agosto de 2019. No acumulado do ano, de acordo com dados da Abimaq, o indicador chegou a R$ 117,4 bilhões, desempenho 6,6% superior ao apurado no ano passado. As exportações foram de US$ 552,58 milhões em agosto, queda de 37,7% em relação a agosto de 2019. No acumulado do ano, foram exportados US$ 4,68 bilhões, recuo de 28,3%. As importações também apresentaram declínio tanto em agosto quanto no acumulado, de 46,2% e 6,4%, respectivamente. Foram importados US$ 1,07 bilhão no mês passado e US$ 10,27 bilhões de janeiro a agosto. Com esse desempenho, o nível de utilização da capacidade instalada (Nuci) chegou em agosto ao patamar de 73%. O ideal é um Nuci acima de 80%. Em agosto, as empresas do setor empregavam 308,5 mil pessoas, nível semelhante ao verificado no mesmo período do ano passado.