Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.792,12
    -7,98 (-0,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Receita Federal pode rastrear Bitcoin, diz auditor fiscal

·2 minuto de leitura
Lupa mostrando Bitcoin em cima de papel com código binário rastreio rastrear procurar vasculhar
Lupa mostrando Bitcoin em cima de papel com código binário rastreio rastrear procurar vasculhar

Após detalhes da investigação da Gas Consultoria vir a tona, um auditor fiscal da Receita Federal do Brasil afirmou que o órgão fiscal consegue rastrear criptomoedas de suspeitos.

Nos últimos anos, a cotação do Bitcoin subiu muito no mercado e muitas pessoas buscaram conhecer a tecnologia. Operando fora do sistema financeiro tradicional dos bancos centrais, essa moeda surgiu para dar a população mundial uma nova moeda.

Contudo, com essa inovação crescendo no gosto popular algumas pessoas que atuam no crime buscaram mais informações sobre a tecnologia. Assim, mesmo que o Bitcoin não seja uma moeda que tenha sua finalidade o cometimento de crimes, acabou sendo utilizado em alguns esquemas.

Receita Federal consegue rastrear Bitcoin, garante auditor fiscal

Um dos golpes que chamaram atenção no Brasil nas últimas semanas foi a Gas Consultoria, um suposto esquema de pirâmide que arrasou várias pessoas em Cabo Frio e cidades da Região dos Lagos, no Rio de Janeiro.

Durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão, cerca de R$ 150 milhões em Bitcoin foram apreendidos na Operação Kryptos, que até prendeu Glaidson dos Santos e outros líderes.

Esse caso não é o único que viu milhões em Bitcoin ser apreendido pelas autoridades brasileiras até hoje, visto que a Indeal já havia visto milhões de Bitcoin ser apreendidos pelo FBI e colocados a disposição da justiça federal no Brasil.

Em conversa com o Extra, o auditor fiscal Michel Lopes Teodoro, da Receita Federal no Brasil, afirmou que a autarquia já rastreia Bitcoin de esquemas criminosos, apesar de muitas pessoas terem a impressão equivocada de que isso não acontece no país hoje.

Ele destacou que as pessoas que compram e investem operando na lei não terão problemas, visto que é permitida a “aplicação”. No entanto, ele afirmou que tanto a Receita Federal quanto outros órgãos reguladores brasileiros já conseguem detectar transações com criptomoedas.

Auditor pede que pessoas não acreditem em esquemas de enriquecimento rápido

O auditor Teodoro é um dos que está investigando os negócios da Gas Consultoria Bitcoin e seus crimes na economia popular, lavagem de dinheiro, organização criminosa, entre outros mais.

Dessa forma, o servidor da Receita Federal lembrou que com a crise na economia atual é muito complicado uma empresa render mais que 1% a 2% ao mês, sendo a promessa de rendimentos fixos, inclusive de 10% ao mês, é um cenário complicado e as pessoas devem evitar se associar com esses negócios.

Vale lembrar que a receita já colhe informações sobre o Bitcoin no Brasil desde 2019, quando a Instrução Normativa n.º 1.888 disciplinou o assunto no país. Essa é considerada uma das regulações em vigor no país, que ainda não viu nenhuma lei ser criada no setor.

“Institui e disciplina a obrigatoriedade de prestação de informações relativas às operações realizadas com criptoativos à Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil (RFB).”

Para a receita, os chamados “criptoativos” não são apenas o Bitcoin, mas também todas as criptomoedas públicas que já foram criadas.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos