Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.026,97
    -736,84 (-1,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Receita Federal abre consulta a novo lote de restituição nesta terça (24)

·3 minuto de leitura
*ARQUIVO* BRASILIA, DF, BRASIL  08-03-2012 - Prédio da Receita Federal no Setor de Autarquia Sul. (Foto: Sergio Lima/Folhapress)
*ARQUIVO* BRASILIA, DF, BRASIL 08-03-2012 - Prédio da Receita Federal no Setor de Autarquia Sul. (Foto: Sergio Lima/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A partir das 10 horas desta terça-feira (24), o quarto lote de restituição do Imposto de Renda 2021, relativo ao ano-base de 2020, estará disponível para consulta dos contribuintes. Esse lote contempla também restituições residuais de exercícios anteriores, segundo a Receita Federal.

Em 31 de agosto, 3.819.743 contribuintes receberão o crédito na conta indicada na declaração do IR, no valor total de RS 5,1 bilhões. Desse total, 8.185 são contribuintes idosos acima de 80 anos, 67.893 contribuintes entre 60 e 79 anos, 6.088 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 26.647 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Outros 3.710.930 contribuintes não prioritários que entregaram a declaração até o dia 16 de agosto de 2021 receberão a restituição.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar o site da Receita, em "Consultar Restituição". A consulta pode ser feita ainda no aplicativo de celular da Receita Federal, que também mostra a situação cadastral no CPF do contribuinte. Com ele será possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

Falha na restituição

O pagamento da restituição é realizado diretamente na conta bancária informada na Declaração de Imposto de Renda. Se por algum motivo o crédito não for realizado (por exemplo, a conta informada foi desativada), os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil.

Neste caso, o cidadão poderá reagendar o crédito dos valores de forma simples e rápida pelo Portal BB, acessando o endereço: https://www.bb.com.br/irpf, ou ligando para a Central de Relacionamento BB por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Caso o contribuinte não resgate o valor de sua restituição no prazo de um ano, deverá requerê-lo pelo Portal e-CAC, disponível no site da Receita Federal, acessando o menu "Declarações e Demonstrativos", opção "Meu Imposto de Renda" e clicando em "Solicitar restituição não resgatada na rede bancária".

Malha fina

Quem comete erros na hora de declarar o imposto pode cair na malha fina. Com isso, não recebe a restituição enquanto não corrigir a pendência. Já os contribuintes que enviaram uma declaração retificadora vão para o fim da fila de restituição.

A melhor forma de saber se está tudo em ordem com a declaração do IR e garantir o pagamento da restituição ainda neste ano é acompanhar a documento por meio do Portal e-CAC, que é o centro virtual de atendimento da Receita.

Para isso, o contribuinte deve ter uma senha de acesso. A senha é gerada ao informar o número dos recibos de declarações de 2020 e 2021. Caso esteja declarando pela primeira vez, o código é gerado com apenas o recibo deste ano. Também dá para acessar o e-CAC com a senha do portal gov.br.

No e-CAC, a consulta é feita em "Meu Imposto de Renda (Extrato da DIRPF)", do lado esquerdo da tela, acima. Na próxima página, bem acima, aparecerá os anos de entrega de declaração. A de 2021 é a primeira da esquerda. Clique sobre ela para ver as informações.

Se estiver tudo certo com seu IR, o campo de 2021 estará verde. Quando a declaração já foi processada e está tudo correto com o documento, ele segue para o status "Em Fila de Restituição". Isso significa que o dinheiro será pago em breve. Nos próximos dois lotes.

No serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos