Mercado abrirá em 3 h 12 min
  • BOVESPA

    130.207,96
    +766,93 (+0,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.029,54
    -256,92 (-0,50%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,10
    +0,22 (+0,31%)
     
  • OURO

    1.865,90
    0,00 (0,00%)
     
  • BTC-USD

    40.029,65
    -68,75 (-0,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.003,58
    +34,74 (+3,59%)
     
  • S&P500

    4.255,15
    +7,71 (+0,18%)
     
  • DOW JONES

    34.393,75
    -85,85 (-0,25%)
     
  • FTSE

    7.180,46
    +33,78 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    28.638,53
    -203,60 (-0,71%)
     
  • NIKKEI

    29.441,30
    +279,50 (+0,96%)
     
  • NASDAQ

    14.140,50
    +15,75 (+0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1523
    +0,0208 (+0,34%)
     

Receber mensagem do chefe no WhatsApp pode ser contado como hora extra

Se seu chefe costuma mandar mensagens no WhatsApp ou mesmo por e-mail fora do expediente, você pode ter direito a receber hora extra (Pixabay)
Se seu chefe costuma mandar mensagens no WhatsApp ou mesmo por e-mail fora do expediente, você pode ter direito a receber hora extra (Pixabay)

Fique atento: se seu chefe costuma mandar mensagens no WhatsApp ou mesmo por e-mail fora do expediente, você pode ter direito a receber hora extra. Especialistas indicam que o horário estipulado pela lei trabalhista do país é de 8 horas por dia, totalizando 44 horas semanais.

Assim, se o funcionário é acionado fora desse período, ele deve ser pago. A regra vale não só para contas de WhatsApp pessoais, mas também com as corporativas.

O que fazer?

Se você costuma receber mensagens fora do horário de trabalho, deve registrar sempre que for contatado e o que teve que fazer. Depois, com os dados nas mãos, deve entrar com um pedido para receber as horas. Outra dica importante é analisar se a urgência é realmente algo que não pode esperar ou se pode ser feito no dia seguinte.