Mercado fechará em 4 h 22 min

Rebaixamento, suspensão e multa. Recusar jogar a Taça Inconfidência não é opção

Régis fez o gol da vitória do Cruzeiro sobre a Caldense. Triunfo por 1 a 0 não foi suficiente para a Raposa (Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

O Cruzeiro venceu os dois últimos jogos da primeira fase do Campeonato Mineiro, mas não foi o bastante para conseguir uma vaga na semifinal. A equipe dirigida por Enderson Moreira precisava bater a Caldense por três gols de diferença, mas ficou apenas no 1 a 0. O resultado classificou o time de Poços de Caldas para a fase seguinte da competição, enquanto a Raposa ficou na quinta colocação e terá de disputar a Taça Inconfidência. Recusar jogar o torneio criado nesta temporada não é uma escolha possível.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Logo após o encerramento da fase inicial do Mineiro, com o Cruzeiro fora da semifinal, muitos torcedores questionaram sobre a possibilidade de o time celeste não participar da Taça Inconfidência. A resposta está no regulamento do Estadual, que prevê punições pesadas para quem se recusar a participar da competição, que contará com as quatro equipes que terminaram a primeira fase do Mineiro entre a quinta e oitava posições.

Leia também:

“A recusa da disputa do Troféu Inconfidência por qualquer uma das equipes participantes do Campeonato Mineiro SICOOB 2020 caracterizará abandono da Competição”, consta no artigo 21 do regulamento do Estadual.

De acordo com o Regulamento Geral das Competições (RGC) de 2020, as punições previstas para abandono de competição são rebaixamento, suspensão de dois anos de todas as competições organizadas pela Federação Mineira de Futebol (FMF) e multa de R$ 200 mil.

Além do Cruzeiro, Uberlândia, Boa Esporte e Patrocinense também vão participar da Taça Inconfidência. Inicialmente o torneio seria disputado em quatro datas, com jogos de ida e volta na semifinal e na final. No entanto, em função da pandemia causada pelo coronavírus, a FMF e os clubes acertaram a redução da competição, que será definida em jogo único na semifinal e também na final.

Como ficou em quinto lugar, o Cruzeiro enfrenta o Patrocinense, que terminou na oitava colocada. Uberlândia e Boa Esporte ficaram na sexta e sétima colocações, respectivamente, e fazem a outra semifinal. As datas e horários desses jogos vão ser confirmados nesta quinta-feira, depois de reunião da FMF com a Rede Globo, detentora dos direitos de transmissão do Campeonato Mineiro.

Veja mais sobre futebol mineiro no Blog de Victor Martins

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter