Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.786,43
    +113,67 (+0,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.298,20
    -104,50 (-0,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,25
    +0,38 (+0,45%)
     
  • OURO

    1.782,60
    -2,30 (-0,13%)
     
  • BTC-USD

    66.064,90
    +1.972,36 (+3,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.538,50
    +57,70 (+3,90%)
     
  • S&P500

    4.536,19
    +16,56 (+0,37%)
     
  • DOW JONES

    35.609,34
    +152,03 (+0,43%)
     
  • FTSE

    7.223,10
    +5,57 (+0,08%)
     
  • HANG SENG

    26.136,02
    +348,81 (+1,35%)
     
  • NIKKEI

    29.255,55
    +40,03 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    15.350,75
    -26,75 (-0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5196
    +0,0234 (+0,36%)
     

Realme UI 3.0 tem novo visual revelado em imagens; veja as novidades

·2 minuto de leitura

A Realme é uma das fabricantes de celular que adota o uso de skins personalizadas construídas sobre a plataforma do Android. A empresa agora se prepara para disponibilizar a Realme UI 3.0 (sobre o Android 12) para proprietários do Realme GT 5G a partir de 13 de outubro, mas, antes disso, testadores do beta fechado na China puderam experimentar o sistema em primeira mão e registrar algumas capturas de tela.

O que se nota logo de cara é a interface bem semelhante à da ColorOS 12, modificação da Oppo (empresa-irmã da Realme) criada em cima do sistema do Google. Espere encontrar os mesmos widgets e efeitos em ambos, com sutis diferenças apenas nos ícones.

Uma das principais diferenças é a tela de configurações rápidas, aquela que você puxa para baixo e dá acesso a várias opções. Na Realme UI 3.0, os botões foram desenhados para uma aparência com cantos arredondados e há um recurso especial de janelas flutuantes.

Há também a possibilidade de criar os chamados "Omojis", uma cópia dos Memojis, da Apple, que permite a criação de avatares personalizados para depois usá-los como imagem de perfil, no seu plano de fundo, como recurso para aplicativos de bate-papo ou até como filtro para chamadas de vídeo.

O Realme GT Neo 2 deve ser o primeiro celular a vir com o novo sistema operacional embarcado e pronto para uso. O aparelho foi anunciado no dia 22 de setembro com um design levemente atualizado e o novo chipset Snapdragon 870, fabricado pela Qualcomm, além de especificações bem interessantes.

Android 12 ao público

Na segunda-feira (4), o Google liberou o Android 12 ao público global, o que permite às fabricantes de aparelhos entregarem o novo sistema para usuários. Apesar disso, muitas companhias devem levar algum tempo, já que costumam fazer customizações antes de oferecer o update, como mudanças na interface, aplicativos exclusivos e até novos recursos.

A Realme é um claro exemplo disso, afinal os primeiros testes do Android 12 começaram em conjunto com a UI 3.0. Assim, os proprietários podem se deparar com duas versões distintas: o Android 12 e puro (Realme GT 5G) e a Realme UI 3.0 em outros smartphones da companhia.

Ainda não foi relevada uma data definitiva para os aparelhos receberem a atualização. Assim como outras empresas fazem, é bem possível que a Realme faça a distribuição de modo gradual, iniciando com modelos mais recentes para depois repassar aos mais antigos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos