Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.797,30
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    16.975,83
    -51,68 (-0,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

Realme 10 4G estreia com chip MediaTek e tela Super AMOLED de 90 Hz

Seguindo múltiplos teasers, a Realme anunciou nesta quarta-feira (9) o Realme 10 4G, novo membro da popular linha intermediária da marca. Trazendo design renovado mais premium, o dispositivo embarca processador da MediaTek que promete proporcionar um salto significativo de performance frente à geração anterior, e mantém características elogiadas como o painel Super AMOLED e a grande bateria, mas sofre alguns downgrades marcantes em departamentos como a câmera.

O novo celular da Realme chega equipado com processador MediaTek Helio G99, acompanhado de 4 GB, 6 GB ou 8 GB de RAM, e 64 GB, 128 GB ou 256 GB de armazenamento, com possibilidade de expansão via cartões Micro SD de até 1 TB. Segundo a empresa, o chipset é até 40% mais potente que o Snapdragon 680 presente no Realme 9 4G, proporcionando ainda CPU 25% mais forte, e reduzindo o consumo em 20%, o que deve resultar em mais tempo fora da tomada.

O componente também seria capaz de entregar taxas de quadros de 40 FPS em PUBG Mobile, e superar a barreira dos 60 FPS em games mais simples. Esse último aspecto, em especial, faz diferença em virtude do display, munido de painel Super AMOLED de 6,4 polegadas, com resolução Full HD+ de 2400 x 1080 pixels e taxa de atualização de 90 Hz. Complementa a experiência a amostragem de toque de 360 Hz, que deve aumentar a responsividade aos comandos do usuário.

O Realme 10 4G estreia com design renovado, chip MediaTek Helio G99 e até 8 GB de RAM, enquanto chama atenção pelo downgrade nas câmeras (Imagem: Realme)
O Realme 10 4G estreia com design renovado, chip MediaTek Helio G99 e até 8 GB de RAM, enquanto chama atenção pelo downgrade nas câmeras (Imagem: Realme)

O design do Realme 10 foge completamente do antecessor, e lembra rivais como o Honor 50, mas com algumas peculiaridades. As bordas são finas ao redor do display (com exceção da região inferior), as laterais são retas e a traseira é minimalista, com duas câmeras posicionadas em círculos de vidro que compõem o módulo de lentes — um dos destaques negativos do lançamento, em razão do forte downgrade feito nesse departamento.

A novidade traz câmera de selfies de 16 MP, posicionada em um furo alinhado ao canto superior esquerdo da tela, e uma dupla de lentes traseiras com sensor principal Samsung ISOCELL JN1 de 50 MP e secundário monocromático de 2 MP — em teoria, essa lente deveria turbinar o contraste das imagens. Em comparação, o Realme 9 4G trazia lente principal de 108 MP e ultrawide de 8 MP, um conjunto óptico muito mais atraente para fãs de fotografia.

Alimentando o sistema, o Realme 10 embarca a mesma bateria de 5.000 mAh do antecessor, assim como o carregamento rápido de 33 W, mas há melhorias na velocidade de recarga: a tecnologia promete recuperar 50% da carga em 28 minutos (contra 31 minutos do Realme 9) e chegar a 100% em 70 minutos (frente a 75 minutos da geração anterior), avanços pequenos, mas que devem fazer a diferença no dia a dia.

No mais, o lançamento conta com conectividade 4G, Wi-Fi 5 Dual Band, Bluetooth 5.3, leitor de digitais integrado ao botão de energia na lateral, sistema de som mono com promessa de áudio de alta fidelidade e Android 12, rodando sob a Realme UI 3.

Preço e disponibilidade

O Realme 10 chega ao mercado global nos próximos dias, com preços sugeridos que partem de US$ 230, ou cerca de R$ 1.180 em conversão direta e sem impostos. Ainda não há informações de disponibilidade do aparelho para o Brasil.

Realme 10 4G: ficha técnica

  • Tela: Super AMOLED de 6,4 polegadas, resolução Full HD+ de 2400 x 1080 pixels, taxa de atualização de 90 Hz, amostragem de toque de 360 Hz

  • Chipset: MediaTek Helio G99

  • Memória RAM: 4 GB, 6 GB ou 8 GB

  • Armazenamento interno: 64 GB, 128 GB ou 256 GB

  • Câmera traseira: 50 MP (Principal, f/1.8) + 2 MP (Monocromática, f/2.4)

  • Câmera frontal: 16 MP (f/2.5)

  • Dimensões: 159,9 x 73,3 x 8 mm

  • Peso: 178 g

  • Bateria: 5.000 mAh com carregamento rápido de 33 W

  • Extras: 4G, Wi-Fi 5, Bluetooth 5.3, leitor de digitais na lateral, áudio mono, expansão via cartões MicroSD

  • Cores: Rush Black (preto) e Clash White (branco)

  • Sistema operacional: Android 12, sob a Realme UI 3

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: