Mercado fechará em 1 h 38 min
  • BOVESPA

    106.599,40
    +225,53 (+0,21%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.459,08
    -514,19 (-0,95%)
     
  • PETROLEO CRU

    85,04
    +1,22 (+1,46%)
     
  • OURO

    1.813,50
    -3,00 (-0,17%)
     
  • BTC-USD

    41.644,30
    -535,32 (-1,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    994,47
    -14,91 (-1,48%)
     
  • S&P500

    4.588,22
    -74,63 (-1,60%)
     
  • DOW JONES

    35.357,30
    -554,51 (-1,54%)
     
  • FTSE

    7.563,55
    -47,68 (-0,63%)
     
  • HANG SENG

    24.112,78
    -105,25 (-0,43%)
     
  • NIKKEI

    28.257,25
    -76,27 (-0,27%)
     
  • NASDAQ

    15.296,25
    -299,50 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2861
    -0,0077 (-0,12%)
     

Realidade virtual vai testar capacidade de motoristas idosos na Coreia do Sul

·2 min de leitura

A Coreia do Sul pretende usar dispositivos de realidade virtual (RV) para determinar se idosos têm condições de continuar dirigindo. A ideia é utilizar o equipamento durante o processo de renovação da carteira de motorista para avaliar a capacidade cognitiva e os reflexos das pessoas mais velhas ao volante.

Essa novidade é uma resposta aos pedidos da Agência Nacional de Polícia do país, que vem pressionando pela implantação de licenças condicionais para motoristas idosos até 2025, por causa do aumento do número de acidentes envolvendo pessoas de faixas etárias mais avançadas.

O projeto orçado em US$ 3 milhões (cerca de R$ 17 milhões na cotação atual) funcionará em caráter experimental pelos próximos três anos. Após esse período, o uso da tecnologia de realidade virtual será obrigatório para analisar se indivíduos com mais de 65 anos podem continuar dirigindo sem restrições.

Idade crítica

Ao contrário de outros países ao redor do mundo, a Coreia do Sul não possui uma legislação mais rígida para conceder habilitação a idosos, a menos que sejam constados problemas graves de saúde como demência e Alzheimer. A única exigência, é que para quem tem 75 anos ou mais a renovação da carteira deve acontecer a cada três anos.

Número de idosos ao volante na Coreia do Sul aumentou 300% em 10 anos (Imagem: Prostooleh/Envato)
Número de idosos ao volante na Coreia do Sul aumentou 300% em 10 anos (Imagem: Prostooleh/Envato)

Segundo estatísticas da polícia local, houve um aumento considerável no número de acidentes de trânsito envolvendo pessoas mais velhas nos últimos anos. A quantidade de ocorrências causadas por idosos acima dos 65 anos é quase duas vezes maior do que na faixa dos 30 anos.

Esse aumento se deve, principalmente, ao acréscimo de idosos ao volante devido ao envelhecimento natural da população. De acordo com um levantamento sul-coreano, o número de pessoas mais velhas com carteiras de habilitação ativas cresceu mais de 300% entre 2008 e 2018.

Realidade virtual

Se o uso de realidade virtual for aprovado, o novo teste de habilitação será utilizado para avaliar as habilidades de direção, cognição e memória dos motoristas. Eles usarão óculos e fones de ouvido de RV durante o processo de renovação da carteira em um ambiente totalmente digital.

Sistema de RV semelhante ao que deve ser implantado na Coreia do Sul (Imagem: Reprodução/Hindawi)
Sistema de RV semelhante ao que deve ser implantado na Coreia do Sul (Imagem: Reprodução/Hindawi)

A ideia é usar simuladores de direção para medir o comportamento das pessoas em diferentes condições de trânsito, como ruas molhadas, tráfego intenso e baixa luminosidade. Com isso, as autoridades pretendem detectar problemas de acuidade visual, déficit de atenção e perda de reflexos em indivíduos com idade avançada.

Além disso, o país anunciou a criação de incentivos econômicos para que pessoas idosas, que se sintam incapazes de dirigir, devolvam suas carteiras voluntariamente. Outra medida, será acelerar o desenvolvimento de sistemas avançados de assistência para que os motoristas se sintam mais seguros ao volante.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos