Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    34.164,55
    -1.510,27 (-4,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.017,75
    -138,50 (-0,98%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Razer Opus X é versão mais acessível do Opus com ANC e modo de baixa latência

·2 minuto de leitura

Pouco depois de anunciar o Hammerhead True Wireless X, fone TWS com iluminação de LED, a Razer também anunciou nesta semana o Opus X, mais novo headphone Bluetooth da marca.

O acessório é uma versão mais acessível do Razer Opus, lançado no ano passado como o primeiro fone over-ear sem fio da marca voltado para uso cotidiano, não fazendo parte da linha de periféricos gamer da companhia.

Opus X chega com ANC e modo de baixa latência

Apesar de não haver a certificação de áudio da THX, o Opus X promete entregar alta qualidade sonora assim como o modelo original, sendo equipado com drivers de 40 mm e resposta de frequência entre 20 Hz e 20 kHz. Por estar focado em oferecer uma experiência mais acessível, o lançamento sofre alguns cortes quando comparado ao irmão mais premium.

Além da cor verde, o Opus X também está disponível em Mercury (branco) e Quartz (rosa) (Imagem: Reprodução/Razer)
Além da cor verde, o Opus X também está disponível em Mercury (branco) e Quartz (rosa) (Imagem: Reprodução/Razer)

Além da ausência da certificação THX, o novo modelo concentra todos os botões de controle em apenas uma concha, em vez de distribuí-los dos dois lados, teve o conector P2 de 3,5 mm removido, podendo operar apenas através de Bluetooth, e não traz sensores de detecção de uso para pausar e reproduzir mídia automaticamente quando o usuário coloca ou remove o dispositivo.

No entanto, outras características são preservadas, e há adições de recursos que não estão presentes no Opus tradicional. O visual foi mantido, assim como o sistema de cancelamento ativo de ruído (ANC) e o modo ambiente, controlados através do botão de energia, enquanto a principal novidade é a adição de um modo de baixa latência, que reduz o atraso de reprodução de conteúdo para apenas 60 ms.

Outra boa notícia é o aumento na autonomia: segundo a Razer, o Opus X entrega até 30 horas de reprodução contínua de áudio com ANC ativado, ou até 40 horas com o recurso desativado. Não há informações sobre a velocidade de carregamento, ainda que a presença de conector USB-C para recarga possa indicar algum nível de carregamento rápido.

Preço e disponibilidade

O Razer Opus X já está disponível para compra no exterior, nas cores verde, branco (Mercury) e rosa (Quartz) com preço sugerido de US$ 100 (algo em torno de R$ , em conversão direta). Ainda não há informações sobre a estreia do acessório no mercado brasileiro.

Razer Opus X: ficha técnica

  • Tamanho do driver: 40 mm

  • Resposta de frequência: de 20 Hz a 20 kHz

  • Peso: 270 gramas

  • Autonomia: Até 30 horas (com ANC), até 40 horas (sem ANC)

  • Extras: Modo de baixa latência (60 ms), cancelamento ativo de ruído (ANC), modo ambiente, app de customização

  • Cores: verde, branco (Mercury) e rosa (Quartz)

  • Versão do Bluetooth: 5.0

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos