Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    49.272,79
    -5.087,25 (-9,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Razer lança versão sem fio de seu mouse gamer mais vendido

·2 min de leitura

Depois de anunciar novos headsets e até uma máscara protetora com RGB recentemente, a Razer aproveitou para lançar o mouse DeathAdder V2 X HyperSpeed. Ele é uma versão sem fio do modelo DeathAdder V2, que é mouse mais vendido da marca, de acordo com números da própria companhia.

Além de oferecer maior liberdade de movimentos por dispensar o uso de fios, o DeathAdder V2 X HyperSpeed ainda traz algumas mudanças em componentes internos, que o tornam mais barato e competitivo no mercado de mouses voltados para o público gamer, mas ainda com preço relativamente acessível.

Mouse traz construção simples e confortável (Imagem: Divulgação/Razer)
Mouse traz construção simples e confortável (Imagem: Divulgação/Razer)

Porém, essas modificações fazem com que o produto tenha especificações um pouco menos impressionantes. A sensibilidade do mouse fica em cerca de 14 mil CPI (Counts per Inch, ou Contagem por Polegada em tradução livre), contra 20 mil CPI da versão que traz o fio conector. Além disso, a velocidade máxima de detecção é de 300 polegadas por segundo (IPS) — menos da metade dos 650 IPS do DeathAdder V2 — e ele ainda suporta até 35 g de aceleração, contra 50 g do mouse já vendido anteriormente pela Razer.

Mesmo assim, é possível que as capacidades do DeathAdder V2 X HyperSpeed ainda atendam às expectativas da maioria dos usuários gamers, especialmente aqueles que não sentem a necessidade de investir tão alto em um periférico do tipo. O novo mouse ainda traz algumas mudanças estruturais que alteram a sua ergonomia, como a implementação de dois botões físicos extras na lateral esquerda do dispositivo, em vez de ficarem atrás do botão de rolagem.

Produto utiliza pihas removíveis, com autonomia para cerca de um ano, dependendo das condições (Imagem: Divulgação/Razer)
Produto utiliza pihas removíveis, com autonomia para cerca de um ano, dependendo das condições (Imagem: Divulgação/Razer)

Como o DeathAdder V2 X HyperSpeed funciona com pilhas removíveis, ele é um pouco mais pesado do que o DeathAdder V2 Pro, outro mouse sem fio da mesma linha, que precisa ser recarregado via cabo — portanto, eles ficam com 103 e 81 gramas, respectivamente. A conectividade de ambos os produtos pode ser feita por meio de um dongle 2,4 Ghz ou por Bluetooth. Outra diferença entre os modelos Pro e Hyperspeed é a implementação de botões mecânicos no modelo recém-apresentado, em vez de switches ópticos. O Pro também traz iluminação RGB embutida.

Preço e disponibilidade

Os novos mouses DeathAdder V2 X HyperSpeed serão vendidos a partir de 60 dólares (cerca de R_jobs(data.conteudo)nbsp;334 em conversão direta), um pouco mais barato do que o DeathAdder V2 com fio, que sai por 70 dólares (R$ 389) — para efeito de comparação, o modelo DeathAdder V2 Pro tem um foco em usuários mais exigentes, e custa 130 dólares (R$ 724). A Razer ainda não divulgou quais mercados em específico receberão o produto, mas o mouse já tem uma página oficial no Brasil, o que pode indicar a chegada iminente do periférico.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos