Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -635,14 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,13 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    +0,49 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.879,50
    -16,90 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    35.819,61
    -1.097,71 (-2,97%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,36 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,25 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,83 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.992,75
    +33,00 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1926
    +0,0391 (+0,64%)
     

Razer Hammerhead True Wireless X traz iluminação LED e modo de baixa latência

·3 minuto de leitura

Conhecida pela linha de periféricos gamers que possui, a Razer já atua em mais áreas além dos consoles e PCs. Além de conceitos curiosos como a máscara contra COVID-19 com iluminação RGB, e os óculos com caixas de som embutidas, a marca também desenvolve acessórios um pouco menos extravagantes. Esse é o caso do novo fone TWS Hammerhead True Wireless X.

Mais simples que a variante Pro lançada no final de 2020, o modelo traz a promessa de ótima qualidade sonora e um conjunto de recursos voltados para o público gamer, que inclui modo de baixa latência e sistema de iluminação configurável.

Latência de 60 ms e LED verde configurável

Sucessor direto do True Wireless lançado em 2019, o True Wireless X chega ao mercado equipado com drivers de 13 mm, tamanho avantajado quando comparado a outros dispositivos do segmento, prometendo entregar boa qualidade sonora.

O Razer Hammerhead True Wireless X tem o modo de baixa latência e a iluminação de LED como principais destaques (Imagem: Reprodução/Razer)
O Razer Hammerhead True Wireless X tem o modo de baixa latência e a iluminação de LED como principais destaques (Imagem: Reprodução/Razer)

Já entre os recursos voltados aos jogos, o principal é o modo de baixa latência, que reduz o atraso para reprodução de som para 60 ms. Em média, fones que não contam com o recurso trazem latência de 150 ms a 300 ms, com algumas variações para mais ou para menos. O menor tempo é essencial em jogos, impedindo que haja a sensação de falta de sincronia entre som e imagem.

A outra novidade é o sistema de iluminação integrado às cápsulas na cor verde. Os LEDs estão atrás do logo da Razer e podem ser configurados para manter luz estática ou reproduzir o efeito de respiração tradicional dos periféricos da marca, ou ser desativados, o que aprimora de maneira modesta a autonomia.

(Imagem: Reprodução/Razer)
(Imagem: Reprodução/Razer)

Segundo a Razer, as cápsulas alcançam até 6 horas de reprodução contínua com a iluminação ativada, número que sobe para 7 horas com o recurso desativado. A case fornece mais 18 e 21 horas, respectivamente, o que coloca o total entre 24 e 28 horas. Fecham o pacote opções de conectividade como Bluetooth 5.2 e Google Fast Pair, que permite conectividade quase instantânea com dispositivos Android.

Preço e disponibilidade

O Razer Hammerhead True Wireless X já está disponível no mercado europeu, com preço sugerido de 90 euros, ou algo em torno de R$ 555, em conversão direta. Ainda não há informações sobre a chegada do acessório a outros mercados.

Razer Hammerhead True Wireless X: ficha técnica

  • Tamanho do driver: 13 mm

  • Resposta de frequência: de 20 Hz a 20 kHz

  • Peso: 10 g (por cápsula), 42 g (case de carregamento)

  • Autonomia (com iluminação LED): Até 6 horas

  • Autonomia (sem iluminação LED): Até 7 horas

  • Tempo adicional fornecido pela case: Até 18 horas (com iluminação), até 21 horas (sem iluminação)

  • Extras: Modo de baixa latência (60 ms), iluminação LED verde, Google Fast Pair, app de customização

  • Cores: preto

  • Codecs: SBC e AAC

  • Versão do Bluetooth: 5.2

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: