Mercado fechará em 5 h 2 min
  • BOVESPA

    122.951,24
    +1.150,03 (+0,94%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,42
    +90,99 (+0,18%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,59
    +0,44 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.804,80
    -9,70 (-0,53%)
     
  • BTC-USD

    38.864,43
    -226,11 (-0,58%)
     
  • CMC Crypto 200

    972,59
    -3,30 (-0,34%)
     
  • S&P500

    4.421,15
    +18,49 (+0,42%)
     
  • DOW JONES

    34.975,16
    +182,49 (+0,52%)
     
  • FTSE

    7.109,27
    -14,59 (-0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.204,69
    -221,86 (-0,84%)
     
  • NIKKEI

    27.728,12
    +144,04 (+0,52%)
     
  • NASDAQ

    15.128,50
    +55,00 (+0,36%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0805
    -0,0378 (-0,62%)
     

‘Raya e o Último Dragão’ aumenta visualizações após Disney+ tirar taxa

·2 minuto de leitura
‘Raya e o Último Dragão’ aumenta visualizações após Disney+ tirar taxa
‘Raya e o Último Dragão’ aumenta visualizações após Disney+ tirar taxa

O filme ‘Raya e o Último Dragão’ estreou no Disney+ simultaneamente aos cinemas, fazendo com que a plataforma de streaming cobrasse um valor extra para que os usuários assistissem ao lançamento. No mês de junho, porém, a taxa foi retirada, fazendo com que o número de visualizações da animação no serviço aumentassem drasticamente.

De acordo com a Nielsen, empresa de pesquisa de marketing mundial com sede nos Estados Unidos, o longa foi assistido por 1,08 bilhão de minutos entre os dias 4, quando a cobrança foi suspensa, a 6 de junho, o primeiro fim de semana sem taxa. O tempo de exibição é extremamente superior ao observado antes.

Leia mais:

‘Raya e o Último Dragão’ estreou no mês de março com o custo extra de R$ 69,90 para os assinantes do Disney+. Nos Estados Unidos, o valor é de R$ 30, como o que aconteceu recentemente com ‘Cruella‘ e do mesmo modo que será com ‘Viúva Negra’, este mês, na modalidade chamada “premier access”.

No fim de semana de estreia, o filme foi assistido por apenas 355 milhões de minutos. A primeira semana inteira somou apenas 390 milhões de minutos. E a queda foi se acentuando cada vez mais, com 203 milhões de minutos na segunda semana completa, exaltando o contraste com os dados atuais.

‘Raya’ foi o filme mais assistido dos Estados Unidos entre 4 e 6 de junho. Segundo a Nielsen, entre as principais plataformas de streaming, Netflix, Disney +, Amazon Prime Video e Hulu, entre os dias 31 de maio e 6 de junho.

raya e o último dragão
O filme ‘Raya e o Último Dragão’ teve estreia decepcionante. Imagem: Disney

Os dados divulgados pelo site Business Insider também destacam que ‘Raya e o Último Dragão’ também não teve bom desempenho se comparado a outros títulos do premier access. Ele recebeu 20% menos compras no Disney+ nos EUA no fim de semana de abertura do que ‘Mulan‘.

A decepção também foi nas bilheterias do cinema, com renda de US$ 8,6 milhões no mercado norte-americano. Depois de um tempo, chegou a US$ 54 milhões no local e US$ 120 milhões no mundo todo.

Via: Business Insider

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos