Mercado abrirá em 6 h 18 min
  • BOVESPA

    129.264,96
    +859,61 (+0,67%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.315,69
    -3,88 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,66
    0,00 (0,00%)
     
  • OURO

    1.784,00
    +1,10 (+0,06%)
     
  • BTC-USD

    32.664,04
    -386,46 (-1,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    784,98
    -65,36 (-7,69%)
     
  • S&P500

    4.224,79
    +58,34 (+1,40%)
     
  • DOW JONES

    33.876,97
    +586,89 (+1,76%)
     
  • FTSE

    7.062,29
    +44,82 (+0,64%)
     
  • HANG SENG

    28.439,67
    -49,33 (-0,17%)
     
  • NIKKEI

    28.884,13
    +873,20 (+3,12%)
     
  • NASDAQ

    14.139,00
    +9,00 (+0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9722
    -0,0031 (-0,05%)
     

Ray Dalio admite ter Bitcoin e concorda com tese de reserva de valor

·3 minuto de leitura

Ray Dalio é um dos titãs do mundo dos investimentos e sua opinião sobre o Bitcoin mudou da descrença para o uso real da criptomoeda. Atualmente, ele tem surpreendido o setor tradicional ao admitir que possui Bitcoin e também acreditar que o ativo pode ser uma reserva de valor na conjuntura global.

O fundador da Bridgewater Associates, um dos fundos de ações mais poderosos dos Estados Unidos, disse em entrevista à CoinDesk: “Tenho alguns Bitcoins”, sem especificar o valor total que tinha alocado no ativo.

Ray Dalio não era conhecido por ser um admirador da criptomoeda e, portanto, é surpreendente saber de suas próprias palavras que ele detém BTC. Em novembro de 2020, em entrevista ao Yahoo! Finance, ele resumiu o ativo criado por Satoshi Nakamoto em três pontos:

  • Poucos estabelecimentos aceitam BTC: “Hoje ainda não consigo pegar meu Bitcoin e comprar coisas facilmente com ele.”

  • Alta volatilidade: seu nível de volatilidade seria muito alto para ser considerado um porto seguro. Essa volatilidade também prejudicaria o uso do Bitcoin nas transações, já que os estabelecimentos não saberão quanto estão recebendo.

  • Seu sucesso pode terminar com um banimento: se o Bitcoin ou outras criptomoedas se tornarem ‘materiais’ e generalizados, Dalio previu que os governos iriam “bani-las”.

No momento, parece que o ano de 2021 pode tê-lo influenciado para uma mudança de opinião, postando no blog oficial da Bridgewater Associates um artigo chamado “What I Think About Bitcoin”, onde ele escreve que “existe a possibilidade de que o Bitcoin e seus concorrentes possam atender a essa necessidade crescente ”de ser uma reserva alternativa de valor, isso se encaixa perfeitamente com a narrativa generalizada de que o Bitcoin representa o ouro 2.0.

O crescimento da dívida ajudará o Bitcoin, diz Dalio

De acordo com o bilionário americano que dirige a Bridgewater Associates desde 1975, o mercado global está em um ciclo de endividamento. A pandemia do Covid-19 criou um problema global que precisa de soluções globais, como o tratado de Bretton Woods após a Segunda Guerra Mundial.

Nessas emergências, defende-se a impressão de dinheiro e se houver outras crises, ainda mais dinheiro é impresso. Isso cria um ciclo difícil de se escapar, como Dalio mencionou:

“Precisa de dinheiro emprestado? Você tem que imprimir. Você precisa de mais dinheiro? Então, os impostos sobem e isso produz uma dinâmica. Agora posso continuar falando sobre o que acontece nessa dinâmica. Podem ser controles de capital. … Aprendi dolorosamente em 1971 que faz as ações subirem. Faz … ouro, bitcoin, imóveis, tudo sobe, porque realmente está caindo em dólares. E essa é a parte do ciclo em que estamos ”.

Por fim, o dólar norte-americano será a moeda que mais sofrerá e se o Bitcoin ganhar simultaneamente em capitalização e também em seu uso diário, poderá legitimá-lo e colocá-lo como um ativo real.

A fraqueza do dólar obviamente preocupa governos e entidades financeiras, como já declarou o Goldman Sachs em 2020, que vê como o ouro ou o Bitcoin podem se tornar verdadeiras referências diante de uma possível crise global devido ao colapso da moeda norte-americana.

Seja devido à inflação, dívida perpétua ou o próprio valor do que o Bitcoin representa, chama atenção que o investidor possua e até mesmo defenda o Bitcoin.

O artigo Ray Dalio admite ter Bitcoin e concorda com tese de reserva de valor foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos