Mercado fechará em 3 h 36 min
  • BOVESPA

    107.991,37
    -410,91 (-0,38%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.208,77
    -146,09 (-0,31%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,13
    -0,63 (-0,69%)
     
  • OURO

    1.812,70
    +7,50 (+0,42%)
     
  • BTC-USD

    23.060,53
    -830,99 (-3,48%)
     
  • CMC Crypto 200

    535,23
    -22,12 (-3,97%)
     
  • S&P500

    4.117,12
    -22,94 (-0,55%)
     
  • DOW JONES

    32.781,01
    -51,53 (-0,16%)
     
  • FTSE

    7.488,15
    +5,78 (+0,08%)
     
  • HANG SENG

    20.003,44
    -42,33 (-0,21%)
     
  • NIKKEI

    27.999,96
    -249,28 (-0,88%)
     
  • NASDAQ

    12.996,75
    -186,50 (-1,41%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2444
    +0,0350 (+0,67%)
     

Ranking mostra os melhores países para o trabalho remoto

Lista da NordLayer mostra os melhores países para trabalho remoto. Foto: Getty Images.
Lista da NordLayer mostra os melhores países para trabalho remoto. Foto: Getty Images.
  • Lista da NordLayer mostra os melhores países para o trabalho remoto;

  • Alemanha aparece em primeiro lugar;

  • Brasil aparece na 51ª posição do ranking.

A NordLayer, empresa de software de segurança cibernética, realizou um novo levantamento no qual aponta os melhores países para se trabalhar remotamente

Entre os fatores que tornaram um local ideal para o trabalho remoto estão a segurança cibernética, as posições econômicas sociais, a infraestrutura digital e física e as políticas sobre a Covid-19.

Leia também:

Desse modo, a empresa chegou à conclusão de que muitos países europeus são as opções ideias para trabalhadores que desejam exercer suas funções fora do escritório.

De acordo com a NordLayer, o melhor lugar para trabalhar remotamente é a Alemanha, que lidera a lista com um score Global Remote Work Index (GRWI) de 0.824. Em segundo lugar está a Dinamarca, com 0.816, e depois os Estados Unidos, com 0.809.

Após os EUA, a lista, até a décima posição, é quase inteiramente composta por países europeus: Espanha, Lituânia, Holanda, Suécia, Estônia, Singurapura e França.

“A tendência é clara – desde o início do Covid-19, o trabalho remoto ou híbrido tornou-se inevitável até mesmo em empresas que anteriormente pregavam a importância das interações cara a cara”, afirma a diretora de tecnologia da NordLayer, Juta Gurinaviciute.

Dos 66 países presentes no ranking, a Argélia aparece na última posição. Enquanto isso, o Brasil se encontra na 51ª posição.

Em critérios separados de análise como cibersegurança, o Brasil aparece na 56ª posição. A nível econômico/social o país se encontra em 50° e em questão de infraestrutura e Covid-19, o país aparece em 22º lugar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos