Mercado fechado

Range Rover chinês falso é proibido em rara vitória judicial

Bloomberg News
Range Rover chinês falso é proibido em rara vitória judicial

(Bloomberg) -- Um tribunal chinês ordenou que uma fabricante de veículos local deixe de vender uma imitação do Range Rover Evoque na China, uma rara vitória judicial para empresas estrangeiras envolvidas em disputas de propriedade intelectual com companhias locais.

O tribunal de Pequim ordenou também que a Jiangling Motors deixe imediatamente de fabricar o Landwind X7 depois de descobrir que a empresa copiou cinco recursos exclusivos do Evoque, anunciou a fabricante Jaguar Land Rover Automotive em comunicado, na sexta-feira.

O Tribunal do Distrito de Chaoyang, em Pequim, também determinou que a Jaguar Land Rover receba uma indenização, anunciou a empresa, sem informar o valor. Um representante da Jiangling preferiu não fazer nenhum comentário imediato.

O tratamento dado pela China à propriedade intelectual estrangeira é um dos principais componentes das negociações comerciais com os EUA, que enviará negociadores a Pequim para mais uma rodada de discussões nesta semana. A Jaguar Land Rover, de propriedade do conglomerado indiano Tata Group, havia acusado a Jiangling de ter feito um trabalho de “copiar e colar” quando o Landwind foi lançado, em 2014.

A Jaguar Land Rover anunciou que a decisão judicial de sexta-feira foi o “primeiro processo do tipo a apoiar uma empresa estrangeira na indústria automotiva” e que aumentaria sua confiança para investir na China.

Fabricantes de veículos internacionais, como a Honda Motor e a Porsche Automobil Holding, há tempos reclamam que seus designs são copiados por concorrentes chinesas. A Honda perdeu uma ação na China em 2004 após acusar a Shuanghuan Auto de copiar o modelo CR-V.

No mesmo ano, a Honda ganhou uma decisão judicial que impedia uma empresa chinesa de vender motos da marca Hongda.

To contact Bloomberg News staff for this story: Yan Zhang em Pequim, yzhang1044@bloomberg.net;Ying Tian em Pequim, ytian@bloomberg.net

Para entrar em contato com os editores responsáveis: Young-Sam Cho, ycho2@bloomberg.net, Angus Whitley, Rachel Chang

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

©2019 Bloomberg L.P.