Mercado fechado
  • BOVESPA

    109.786,30
    +2.407,38 (+2,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.736,48
    +469,28 (+1,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    44,88
    +1,82 (+4,23%)
     
  • OURO

    1.804,40
    -33,40 (-1,82%)
     
  • BTC-USD

    18.965,70
    +513,74 (+2,78%)
     
  • CMC Crypto 200

    376,44
    +6,69 (+1,81%)
     
  • S&P500

    3.635,41
    +57,82 (+1,62%)
     
  • DOW JONES

    30.046,24
    +454,97 (+1,54%)
     
  • FTSE

    6.432,17
    +98,33 (+1,55%)
     
  • HANG SENG

    26.588,20
    +102,00 (+0,39%)
     
  • NIKKEI

    26.165,59
    +638,22 (+2,50%)
     
  • NASDAQ

    12.078,75
    +173,50 (+1,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3898
    -0,0505 (-0,78%)
     

Randon e controladas ganham na Justiça direito de recuperar PIS e Cofins pagos a maior

·1 minuto de leitura

A companhia informou que está apurando os respectivos valores a recuperar Divulgação A Randon informou nesta quinta-feira que ela e suas controladas Jost Brasil Sistemas Automotivos, Master Sistemas Automotivos e Fras-le obtiveram êxito em ações que tramitavam na Justiça federal. A decisão favorável é definitiva e busca recuperar as contribuições do PIS e da Cofins pagos a maior em razão da inclusão do ICMS na base de cálculo a partir de dezembro de 2001. A companhia informou que está apurando os respectivos valores a recuperar, que serão informados oportunamente ao mercado, bem como potenciais impactos em suas demonstrações financeiras. A empresa também informou que também verificará a posteriori a forma de utilização dos créditos advindos dessa decisão, os quais serão objeto de habilitação, via procedimento administrativo, perante a Receita Federal do Brasil.