Mercado abrirá em 8 h 33 min
  • BOVESPA

    109.114,16
    -2.601,84 (-2,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.808,56
    -587,38 (-1,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,23
    +0,52 (+0,68%)
     
  • OURO

    1.638,20
    +4,80 (+0,29%)
     
  • BTC-USD

    20.030,25
    +1.138,75 (+6,03%)
     
  • CMC Crypto 200

    458,71
    +25,61 (+5,91%)
     
  • S&P500

    3.655,04
    -38,19 (-1,03%)
     
  • DOW JONES

    29.260,81
    -329,60 (-1,11%)
     
  • FTSE

    7.020,95
    +2,35 (+0,03%)
     
  • HANG SENG

    17.665,85
    -189,29 (-1,06%)
     
  • NIKKEI

    26.608,77
    +177,22 (+0,67%)
     
  • NASDAQ

    11.402,00
    +85,75 (+0,76%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1954
    +0,0160 (+0,31%)
     

Ramon Menezes não esconde frustração por empate em casa

·1 min de leitura


Após a classificação para a fase de oitavas de final da Copa do Brasil no meio de semana, o Vitória sonhou com um embalo na Série B, mas a equipe ficou no empate sem gols diante do Operário-PR.

Chateado com o placar, o técnico Ramon Menezes não escondeu a frustração e lamentou a atuação abaixo da sua equipe.

‘Empatar em casa, que todo mundo saiba que fiquei muito chateado. O torcedor, lógico, quer, dentro de casa, ver seu time jogar da melhor maneira possível e vencer os jogos. Mas eu falei um pouco qual foi nossa dificuldade. No começo do jogo, nós conseguimos pressionar o adversário, principalmente na saída de bola, roubamos algumas bolas ali. Tivemos as primeiras chances. Mas, do outro lado, também tem um grande adversário, o Operário-PR é um bom time e dificultou nossas ações, começou a jogar a gente para trás’, afirmou na coletiva.

Na 14ª colocação da Série B, o Vitória retorna aos gramados no meio de semana, quando mede forças com o Remo, fora de casa