Mercado fechado

Ram 1500 chegará ao Brasil no 2º semestre com versão híbrida

feedback@motor1.com (Nicolas Tavares)
Ram 1500 EcoDiesel 2020 - Primeiras impressões

Picape também terá opções a gasolina e diesel

A esperada picape Ram 1500 finalmente será vendida no Brasil. O lançamento acontecerá ainda em 2020 e com três motorizações: 5.7 V8 a gasolina, 3.0 V6 diesel e uma opção com o sistema híbrido-leve de 48V, embora ainda não esteja definido com qual opção de motor. A informação foi confirmada por Breno Kamei, diretor de desenvolvimento de produto da FCA América Latina, em um bate-papo com Motor1.com na Consumer Electronic Show (CES) em Las Vegas.

Veja também

A Ram 1500 tem um porte muito próximo da F-150, o que faz com que seja maior do que os modelos médios como Chevrolet S10 e Toyota Hilux. Virá na variante Crew Cab, com uma cabine maior do que a Quad Cab. Mede 5,91 metros de comprimento, 2,08 m de largura. 1,97 m de altura e 3,67 m de entre-eixos. Embora seja maior, a capacidade de carga fica entre 790 kg e 880 kg, dependendo do tamanho da cabine escolhida. A marca não revela qual será a variante escolhida.

Como se quisesse compensar o atraso, a FCA confirma que a Ram 1500 será oferecida com três opções de motor. A variante a gasolina é equipada com o 5.7 V8 Hemi de 395 cv 56,6 kgfm de torque, enquanto a diesel é a 3.0 V6 turbo de 264 cv e 66,3 kgfm. Ambos utilizam o câmbio automático de 8 marchas e virão ao Brasil com tração 4x4 – embora existam variantes 4x2 nos EUA.

A FCA tem planos ambiciosos de eletrificação de todas as suas marcas e a Ram está inclusa. Quando a Ram 1500 chegar ao Brasil, terá uma opção híbrida-leve, usando um sistema de 48V que recupera a energia das frenagens e usa para sair da imobilidade ou em acelerações. Chamado de eTorque, o sistema é usado tanto no 5.7 V8 Hemi (sem mudar os dados de desempenho) quanto no 3.6 V6 Pentastar de 309 cv e 37,1 kgfm, mas a marca ainda não definiu qual opção oferecerá por aqui.

O lançamento da Ram 1500 no Brasil acontecerá em meados de 2020, ainda sem preços revelados. Kamei também revelou que será possível guiar a picape com uma CNH do tipo “B”, ao contrário da Ram 2500 que pede a CNH “C” por causa do peso total. Será posicionada acima das principais rivais no mercado, por conta de seu tamanho, equipamentos e motores, o que deve fazer com que custe mais de R$ 200 mil.

De Las Vegas, Nevada - EUA
Viagem à convite da Ford do Brasil