Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.714,55
    +2.418,37 (+2,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.833,80
    -55,86 (-0,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,73
    -0,03 (-0,04%)
     
  • OURO

    1.807,90
    +1,10 (+0,06%)
     
  • BTC-USD

    62.849,29
    +969,93 (+1,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.508,46
    +1.265,78 (+521,58%)
     
  • S&P500

    4.566,48
    +21,58 (+0,47%)
     
  • DOW JONES

    35.741,15
    +64,13 (+0,18%)
     
  • FTSE

    7.222,82
    +18,27 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    26.132,03
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    29.120,17
    +519,76 (+1,82%)
     
  • NASDAQ

    15.582,00
    +86,25 (+0,56%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4336
    -0,0027 (-0,04%)
     

Raízen fecha com Yara 1ª venda de biometano de longo prazo

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - A Raízen anunciou sua primeira venda de longo prazo para gás natural renovável, ou biometano, com a Yara Brasil Fertilizantes, em um contrato de cinco anos, conforme comunicado divulgado nesta segunda-feira.

O volume envolvido na transação é de 20 mil metros cúbicos por dia, acrescentou a companhia que é controlada pela Cosan.

"O fornecimento do Biometano será efetuado por meio do portfólio da Raízen, utilizando os resíduos do processo de produção de etanol, vinhaça e torta de filtro, nos parques de bioenergia do grupo", disse a empresa em nota.

O produto será utilizado pela Yara para a produção de hidrogênio e amônia verde em seus parques industriais.

(Por Nayara Figueiredo)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos