Mercado abrirá em 50 mins
  • BOVESPA

    110.249,73
    +1.405,98 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.828,13
    +270,48 (+0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,56
    +1,07 (+1,52%)
     
  • OURO

    1.772,90
    -5,30 (-0,30%)
     
  • BTC-USD

    42.012,95
    -1.388,45 (-3,20%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.045,65
    -18,19 (-1,71%)
     
  • S&P500

    4.354,19
    -3,54 (-0,08%)
     
  • DOW JONES

    33.919,84
    -50,63 (-0,15%)
     
  • FTSE

    7.067,95
    +86,97 (+1,25%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.066,25
    +42,25 (+0,28%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1681
    -0,0110 (-0,18%)
     

R$ 1.6 bilhão em Ethereum já foram queimados após atualização

·2 minuto de leitura
Criptomoeda Ethereum mãe do DeFi
Criptomoeda Ethereum mãe do DeFi

Desde o lançamento da atualização London, muitos estão de olho em como o ecossistema do Ethereum está se comportando. Em apenas 3 semanas após a atualização, a rede já queimou mais de 100 mil ETH, deixando muitos investidores animados com a criptomoeda.

A companhia Bitfly foi uma das que chamaram a atenção para o fato, postando no Twitter que 21 dias após a atualização o Ethereum já queimou um valor na casa das centenas de milhões de dólares em moedas.

“100 Mil ETH (US$ 311.180.672) foram queimados em 21 dias.”

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Com isso, mais de US$ 311 milhões em Ethereum saíram do mercado, provando que o sistema de controle de emissão de moedas está sendo um grande sucesso, pelo menos de um ponto de vista técnico.

Todo o processo por trás da atualização London diminuiu a inflação da Ethereum de forma significante, com uma diminuição de 25% na taxa de emissão de novas moedas no mercado.

Essa quantia é queimada durante as transações, com uma taxa obrigatoriamente indo para endereços não recuperáveis. Com o controle da emissão dessas moedas, o Ethereum controla a sua inflação, que como sabemos deprecia o preço da moeda com o tempo.

Vale ressaltar que o Ethereum não se tornou uma criptomoeda deflacionária por assim dizer, apenas controlou a sua inflação (o que já é algo muito bom para o desenvolvimento de qualquer projeto financeiro do tipo.)

Além da queima das moedas durante as transações, a atualização também melhorou consideravelmente como é feita a estimativa de gás para cada transação, deixando a blockchain até mesmo mais user-friendly.

Com o Ethereum ganhando força no seu preço junto com a recente alta do Bitcoin, é possível extrapolar que no futuro essa dinâmica possa exercer ainda mais influência na valorização do ativo digital.

O controle de sucesso de parte da inflação do Ethereum é um ótimo fundamental para a moeda, garantindo, que pelo menos o projeto está caminhando para o lado certo. Isso, com as atualizações futuras e com a mudança do ETH de PoW para PoS, faz com que os investidores fiquem animados com o que o futuro reserva para o Ethereum.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos