Mercado fechará em 2 h 26 min
  • BOVESPA

    114.562,74
    -1.105,04 (-0,96%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.371,95
    +220,57 (+0,49%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,45
    +0,23 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.776,20
    -21,70 (-1,21%)
     
  • BTC-USD

    49.837,87
    +270,10 (+0,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    998,25
    +3,59 (+0,36%)
     
  • S&P500

    3.854,38
    -71,05 (-1,81%)
     
  • DOW JONES

    31.566,78
    -395,08 (-1,24%)
     
  • FTSE

    6.651,96
    -7,01 (-0,11%)
     
  • HANG SENG

    30.074,17
    +355,93 (+1,20%)
     
  • NIKKEI

    30.168,27
    +496,57 (+1,67%)
     
  • NASDAQ

    12.995,75
    -306,25 (-2,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7303
    +0,1598 (+2,43%)
     

Rússia pode impor nova fórmula de taxação de trigo exportado a partir de 1º de junho, dizem fontes

Polina Devitt
·1 minuto de leitura

Por Polina Devitt

MOSCOU (Reuters) - A Rússia, um dos maiores exportadores de trigo do mundo, está considerando estabelecer uma nova fórmula de imposto sobre o trigo que envia ao exterior a partir de 1º de junho, um mês antes do que havia sido anunciado anteriormente, disseram à Reuters duas fontes familiarizadas com as negociações governamentais no sábado.

Moscou está tentando reduzir as exportações de trigo para ajudar a conter o aumento dos preços domésticos dos alimentos depois que o presidente Vladimir Putin criticou a inflação dos alimentos em meio à pandemia do coronavírus.

O governo já disse que imporá tarifas fixas --fixadas em 25 euros (30 euros) por tonelada de 15 a 28 de fevereiro, aumentando para 50 euros por tonelada de 1º de março a 30 de junho-- sobre as exportações de trigo. Mas isso foi apenas uma medida de curto prazo e o governo disse que planejava migrar para um regime mais complexo baseado em fórmulas em 1º de julho.

Fontes disseram que a fórmula pode ser fixada em 70% da diferença entre o preço do trigo por tonelada e 200 dólares, a partir de 1º de junho, embora uma delas tenha acrescentado que as autoridades ainda estão debatendo o que definir como preço para a fórmula.

O Ministério da Agricultura da Rússia não respondeu a um pedido de comentários da Reuters. O ministério da economia disse que ele e outros ministérios estão trabalhando em "várias opções para garantir que a tarefa do presidente de conter o aumento dos preços dos alimentos seja cumprida".

A decisão final sobre o imposto de exportação de trigo baseado em fórmula deve estar pronta na próxima semana, disseram as fontes.