Mercado abrirá em 9 h 2 min

Rússia e Arábia Saudita abrem a Copa-2018

1 / 1
Arábia Saudita e Rússia são as piores seleções a abrir a Copa

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Rússia e Arábia Saudita se enfrentam nesta quinta-feira (14), às 12h (de Brasília), pela partida inaugural da Copa do Mundo de 2018. O jogo, que acontece no estádio Lujniki, em Moscou, é válido pelo Grupo A e é decisiva para as pretensões de ambas as seleções no torneio.

Com o Uruguai sendo favorito à primeira colocação da chave, a disputa da segunda vaga promete ser acirrada. Por ser o país-sede, a Rússia terá a força de seus torcedores. Mas o desempenho em campo não corresponde a uma boa expectativa para a equipe.

A última vitória da Rússia aconteceu em outubro do ano passado, contra a Coreia do Sul. Depois disso, foram sete partidas, com quatro vitórias e três empates.

A Rússia também tenta quebrar um tabu, pois, desde a dissolução da União Soviética, o país nunca passou da primeira fase. Os russos fracassaram em 1994 (EUA), 2002 (Japão e Coreia do Sul) e 2014 (Brasil). Antes disso, os soviéticos chegaram às quartas de final em três oportunidades e ficaram em quarto lugar em 1966.

A Arábia Saudita já chega à Copa com um tabu quebrado, pois não participava de um Mundial havia 12 anos. Em suas quatro participações consecutivas, chegou às oitavas de final em 1994 e parou na fase de grupos em 1998, 2002 e 2006.

O desempenho na reta final de preparação não é tão otimista, pois os sauditas vêm de três derrotas seguidas. Neste ano, foram nove partidas disputadas, com três vitórias, um empate e cinco derrotas.

No jogo de abertura, as atenções também estarão voltadas para a arbitragem, pois será o primeiro com a participação de um juiz de vídeo na história das Copas.

RÚSSIA

Akinfeev; Smolnikov, Kutepov, Ignashevich; Samedov, Zobrin, Gazinskiy, Zhirkov; Dzagoev, Smolov, Golovin. T.: Stanislav Tchertchesov

ARÁBIA SAUDITA

Al Maiouf; Al Shahrani, Os Hawsawi, Om Hawsawi, Al Hardi; Otayf, Al Shehri, Al Jassim, Al Faraj, Al Dawsari; Al Muwallad Al Harbi. T.: Juan Antonio Pizzi

Estádio: Lujniki, em Moscou (RUS)

Horário: 12h (de Brasília) desta quinta

Juiz: Néstor Pitana (ARG)