Mercado fechado

Rússia começa a bloquear Telegram

Aplicativo Telegram

Os provedores de acesso à internet russos começaram a bloquear nesta segunda-feira o aplicativo de mensagens Telegram após decisão da agência reguladora de telecomunicações Roskomnadzor.

"Roskomnadzor recebeu a decisão do tribunal de Taganski [em Moscou] de bloquear os serviços do Telegram em território russo, e esta informação foi enviada às operadoras na segunda-feira, 16 de abril", indicou Roskomnadzor em um comunicado.

Na sexta-feira, um tribunal de Moscou ordenou o bloqueio do Telegram na Rússia por se recusar a fornecer aos serviços especiais russos (FSB) as chaves de criptografia para acessar as mensagens de seus usuários.

"É revelador que governos autoritários, como da Rússia, estão tentando bloquear o Telegram pela questão da criptografia, mas estão mais relaxados quando se trata de outros aplicativos de mensagens criptografadas", escreveu o fundador dp Telegram, Pavel Durov, no Twitter.

A administração presidencial russa, que até agora usava o Telegram, anunciou aos jornalistas Que a partir de agora usaria outro sistema chamado ICQ.

O Telegram, um aplicativo com 200 milhões de usuários em todo o mundo, é conhecido por seu alto nível de confidencialidade e entrou em conflito com as autoridades russas, que aumentaram o controle sobre a internet.

A empresa foi fundada em 2013 pelos irmãos Pavel e Nikolai Durov, que também criaram a rede social VKontakte.