Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.094,22 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,95 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,29
    +0,22 (+0,31%)
     
  • OURO

    1.801,80
    0,00 (0,00%)
     
  • BTC-USD

    34.737,93
    +674,36 (+1,98%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,15 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,82 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.113,00
    +15,00 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1222
    +0,0006 (+0,01%)
     

Rússia apresenta novo caça

·2 minuto de leitura
O Checkmate foi criado em conjunto pelo complexo militar-industrial Rostec e a United Aircraft Corporation (UAC), que reúne os principais fabricantes de aviões civis e militares russos

A Rússia apresentou nesta terça-feira (20) seu novo caça de quinta geração, batizado de "Checkmate" (Xeque-Mate) e que fará o primeiro voo de teste em 2023. O avião militar foi projetado para competir com o F-35 americano e apresentado ao público esta tarde, no salão aéreo MAKS-2021, perto de Moscou.

O Checkmate foi criado em conjunto pelo complexo militar-industrial Rostec e a United Aircraft Corporation (UAC), que reúne os principais fabricantes de aviões civis e militares russos. Segundo a Rostec, trata-se de um caça leve, monomotor e que dispõe de "inovações tecnológicas", por exemplo, no campo da inteligência artificial.

Segundo o vídeo de apresentação, o aparelho foi desenvolvido em tempo recorde e poderá transportar drones, que lançará durante o voo, além de poder atacar seis alvos simultâneos em terra, ar ou mar, a um custo de fabricação de entre 25 milhões e 30 milhões de dólares a unidade, segundo os fabricantes.

"Nosso objetivo é oferecer esse avião a uma série de clientes a partir de 2026", explicou durante a apresentação o diretor geral da UAC, Iuri Sliusar, indicando que o primeiro voo de teste está previsto para 2023. Ele disse esperar uma venda de cerca de 300 unidades do caça nos próximos 15 anos, principalmente para países da América Latina, Ásia e Oriente Médio.

O Checkmate é capaz de destruir "aviões estrangeiros de quinta geração e foi concebido para resistir a sistemas de sexta geração que poderão ser desenvolvidos nas próximas décadas". Além disso, está prevista uma versão do caça pilotada por um robô.

Antes da apresentação oficial, "o presidente de Rostec, Serguéi Tchemezov, e o diretor-geral da UAC, Iuri Sliusar, mostraram o Checkmate a Vladimir Putin", informou o complexo militar-industrial em nota. "A aviação russa tem um grande potencial de desenvolvimento e nossa indústria aeronáutica continua desenvolvendo novos aparelhos competitivos", afirmou Putin durante o discurso inaugural do salão MAKS.

O setor armamentista é a joia da coroa da indústria russa e um dos que mais exportam.

as-pop/tbm/sg/eb/mb/aa/lb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos