Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.811,40
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    17.008,69
    +32,62 (+0,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

Quinta dose contra covid já começa a ser aplicada no Brasil; quem pode tomar?

A quinta dose da vacina da covid-19 ou a terceira dose do reforço já está disponível em algumas cidades brasileiras, mas a aplicação ainda é bastante restrita. Como regra geral, o imunizante do coronavírus SARS-CoV-2 pode ser aplicado em pessoas com mais de 40 anos e que apresentam algum grau de imunossupressão (imunossuprimidas). O intervalo entre a última dose deve ser de pelo menos 4 meses (122 dias).

O uso da quinta dose da vacina contra a covid-19 em pessoas imunossuprimidas foi liberado na última edição do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO), desenvolvido pelo Ministério da Saúde. O documento é de setembro de 2022.

A seguir, confira a orientação de vacinação para pessoas imunossuprimidas, incluindo a quinta dose da vacina:

Brasil já aplica quinta dose da vacina da covid-19 (Imagem: PNO/Ministério da Saúde)
Brasil já aplica quinta dose da vacina da covid-19 (Imagem: PNO/Ministério da Saúde)

Quais cidades aplicam a quinta dose da vacina contra a covid-19?

Apesar do detalhamento da Saúde, cidades e estados têm autonomia para gerir o Sistema Único de Saúde (SUS). Por isso, é recomendado que a pessoa confirme que os postos de vacinação da sua região estão distribuindo a quinta dose da vacina (ou não).

Em um pequeno levantamento feito pelo Canaltech, foi possível identificar que alguns municípios e estados já distribuem a terceira dose do reforço no brasil:

  • Cidade de São Paulo (SP);

  • Cidade de Diadema (SP);

  • Cidade de Manaus (AM);

  • Cidade de São Gonçalo (RJ);

  • Cidade do Rio de Janeiro (RJ);

  • Estado do Sergipe.

Outras localidades também podem estar aplicando a quinta dose da vacina contra a covid-19 agora.

Vale explicar que, por exemplo, a cidade de São Paulo já vacina qualquer pessoa com mais de 18 anos e que tenha algum nível de imunossupressão, o que difere da regra geral do Ministério da Saúde (mais de 40 anos). Por isso, cabe ressaltar que as orientações devem sempre ser checadas para a sua localidade.

Quem pode receber a quinta dose da vacina no Brasil?

Independente da questão da idade, a quinta dose da vacina da covid-19 está disponível para pessoas com algum nível de imunossupressão. A seguir, confira quais são as condições consideradas imunossupressoras:

  • Imunodeficiência primária grave;

  • Quimioterapia para câncer;

  • Transplantados de órgão sólido ou de células-tronco hematopoiéticas (TCTH), em uso de drogas imunossupressoras;

  • Pessoas vivendo com HIV/AIDS;

  • Uso contínuo de corticoides;

  • Uso de drogas modificadoras da resposta imune;

  • Portadores de doenças autoinflamatórias ou doenças intestinais inflamatórias;

  • Pacientes em hemodiálise;

  • Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas.

Toda a população brasileira será incluída na quinta dose?

Nesta segunda-feira (7), o secretário municipal de Saúde do Rio, Daniel Soranz, reforçou que a quinta dose da vacina da covid-19 já está disponível para pessoas com o sistema imunológico imunocomprometido na cidade. Lembrete foi compartilhado, após a confirmação do primeiro caso local da subvariante Ômicron BQ.1.

No entanto, Soranz explicou que, por enquanto, não há uma orientação do Ministério da Saúde ou da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) quanto a distribuição da quinta dose para o público geral, durante entrevista para a BandNews FM. No futuro, novas orientações podem ser compartilhadas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: