Mercado fechará em 3 h 26 min
  • BOVESPA

    125.758,65
    +1.146,62 (+0,92%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.223,94
    +313,41 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,21
    +0,56 (+0,78%)
     
  • OURO

    1.799,60
    -0,20 (-0,01%)
     
  • BTC-USD

    39.841,89
    +1.991,44 (+5,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    935,82
    +5,89 (+0,63%)
     
  • S&P500

    4.401,54
    +0,08 (+0,00%)
     
  • DOW JONES

    34.956,79
    -101,73 (-0,29%)
     
  • FTSE

    7.016,63
    +20,55 (+0,29%)
     
  • HANG SENG

    25.473,88
    +387,45 (+1,54%)
     
  • NIKKEI

    27.581,66
    -388,56 (-1,39%)
     
  • NASDAQ

    15.018,75
    +71,00 (+0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1011
    -0,0073 (-0,12%)
     

Quer ver como um Tesla enxerga as ruas? Este hacker te mostra

·1 minuto de leitura

Os automóveis da Tesla são equipados com avançados sistemas de segurança e direção semiautônoma, pertencentes ao pacote Tesla Full Self-Driving (FSD). Para o funcionamento preciso desse recurso, os carros precisam das câmeras desenvolvidas pela empresa, que são instaladas em diversos pontos da lataria para captar movimentos e obstáculos à frente. Mas como será que essas imagens chegam ao software do veículo?

Um hacker que trabalha a serviço da Tesla, conhecido como "Green", demonstrou como o FSD enxerga as ruas e obstáculos à frente. As imagens mostram como o veículo detecta a profundidade e todo o ambiente com um sistema chamado de "visão de nuvem", que é alimentado por insumos computacionais das câmeras dos carros, bem diferente dos sensores LiDAR, que utilizam emissões de luz para captar as vias.

Na demonstração de Green, é possível notar que a Tesla adota mecanismos que podem ser comparados à visão humana, como se fossem os olhos e o cérebro das pessoas. Com isso, o carro enxerga tudo à frente como se nuvens estivessem esbarrando nos obstáculos, como veículos e pessoas, por meio do que a empresa chama de redes neurais. Todo esse sistema substitui os radares que eram antigamente usados pela montadora, algo que foi abolido recentemente e trocado pelo atual Tesla Vision.

O hacker observou, porém, que essa rede neural só funciona em uma das oito câmeras presentes nos carros equipados com o FSD. Toda essa tecnologia demonstrada é a maior aposta de Elon Musk para atingir o nível máximo de direção autônoma para seus automóveis.

Vale lembrar que o Tesla Vision, novo modo de captação de imagens, está em fase beta e deve receber uma nova atualização em breve.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos