Mercado abrirá em 8 h 19 min
  • BOVESPA

    110.672,76
    -3.755,42 (-3,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.402,73
    -283,30 (-0,54%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,44
    -0,52 (-0,63%)
     
  • OURO

    1.773,60
    +3,10 (+0,18%)
     
  • BTC-USD

    63.952,51
    +1.151,79 (+1,83%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.481,11
    +17,75 (+1,21%)
     
  • S&P500

    4.519,63
    +33,17 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    35.457,31
    +198,70 (+0,56%)
     
  • FTSE

    7.217,53
    +13,70 (+0,19%)
     
  • HANG SENG

    26.190,13
    +402,92 (+1,56%)
     
  • NIKKEI

    29.261,51
    +45,99 (+0,16%)
     
  • NASDAQ

    15.386,50
    -12,00 (-0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5020
    +0,0058 (+0,09%)
     

Quer saber se as ações da Bovespa vão subir? Abra o Spotify

·3 minuto de leitura
40 países, incluindo o Brasil, tiveram suas 200 músicas mais tocadas analisadas diariamente<br>(Getty Creative)
40 países, incluindo o Brasil, tiveram suas 200 músicas mais tocadas analisadas diariamente
(Getty Creative)
  • Pesquisadores descobriram que é possível prever comportamento na Bolsa de acordo com músicas mais ouvidas

  • Metodologia usada se baseia no quanto as pessoas refletem humor na escola musical 

  • Spotify foi a plataforma utilizada para a pesquisa

Não é mistério para ninguém que as músicas que ouvimos costumam ter ligação com os sentimentos que experenciamos no momento. Se estamos em dias tristes, a tendência é aumentar ainda mais a fossa com canções que, logo na primeira nota, choram em melancolia e saudade. Mas a novidade é que um grupo de pesquisadores afirma ter descoberto como predizer a direção da Bolsa por meio das mais ouvidas no Spotify.

“Como assim?”, você deve estar se perguntando. Pois é exatamente o que você leu. Alex Edmans, Alexandre Garel, Adrian Fernandez-Perez e Ivan Indriawan descobriram que é possível predizer a direção e intensidade com que as ações vão oscilar seguindo um conceito de congruência emocional.

“Esta ideia é baseada na pesquisa da literatura psicológica, segundo a qual os indivíduos refletem seu humor nas suas escolhas musicais”, disseram.

As análises foram relatadas no artigo “Music Sentiment and Stock Returns Around the World”, que deve ser publicado no Journal of Financial Economics, mas uma versão foi disponibilizada para os interessados, conforme apontou o jornalista Márcio Juliboni, da Money Times.

Representatividade

Uma série de fatores fizeram com que o Spotify fosse escolhido pelos pesquisadores. Primeiro porque conta com 365 milhões de usuários ativos por mês – segundo dados de junho de 2020 -, sendo amplamente aceito em escala mundial. Depois, 74% dos usuários tinham mais de 24 anos, sendo que 30% está acima dos 45. Esse é o perfil dos investidores, representado na plataforma.

Leia também:

Além disso, o Spotify publica listas diárias com as 200 músicas mais tocadas por país, e todas são classificadas por valência, uma métrica que varia de 0 a 1 e indica o sentimento da canção. Quanto mais próxima do 0, mais triste e pessimista, e quanto mais próxima do 1, mais alegre e alto-astral. Esse é o fator principal que elegeu a plataforma como parte fundamental da pesquisa.

Metodologia

A partir daí, os pesquisadores selecionaram 40 países, incluindo o Brasil, para analisar a lista das 200 músicas mais tocadas por dia entre 1º de janeiro de 2017 e 31 de dezembro de 2020. A cada dia, o grupo determinou a valência média das canções e um desvio-padrão.

A descoberta foi de que quanto mais otimistas são as músicas ouvidas no país, mais as ações tendem a subir. O problema é que parte dessa alta é devolvida na semana seguinte.

“Em suma, o sentimento musical é positivamente correlacionado com os retornos da mesma semana e negativamente correlacionado com os retornos da semana seguinte, um padrão de reversão de preços consistente com um temporário erro de precificação induzido por sentimentos”, explicam os autores do artigo.

Para evitar problemas relacionados ao fuso-horário dos países selecionados, boa parte das análises considerou intervalos de uma semana. Entretanto, o estudo também encontrou relação entre altas e baixas na bolsa em um dia e o humor das músicas ouvidas cinco dias antes no país.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos