Mercado fechará em 6 h 57 min
  • BOVESPA

    102.814,03
    +589,77 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.796,30
    +303,78 (+0,61%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,98
    -1,97 (-2,82%)
     
  • OURO

    1.794,90
    +9,70 (+0,54%)
     
  • BTC-USD

    57.672,01
    +680,27 (+1,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.465,52
    +36,59 (+2,56%)
     
  • S&P500

    4.655,27
    +60,65 (+1,32%)
     
  • DOW JONES

    35.135,94
    +236,60 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.041,91
    -68,04 (-0,96%)
     
  • HANG SENG

    23.475,26
    -376,98 (-1,58%)
     
  • NIKKEI

    27.821,76
    -462,16 (-1,63%)
     
  • NASDAQ

    16.309,50
    -81,25 (-0,50%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3624
    +0,0332 (+0,52%)
     

Quer comprar um Bugatti Chiron? Então corre que está acabando

·3 min de leitura

A Bugatti apresentou o primeiro modelo da família Chiron ao mundo durante o Salão Internacional de Geneva, em 2016. Nesta quarta-feira (27), quase cinco anos depois, anunciou que a edição limitada de um dos carros considerados mais belos, mais rápidos e, consequentemente, mais caros do mundo está perto do fim.

De acordo com o site oficial da marca francesa, a fábrica produzirá apenas mais 40 unidades para completar o número preestabelecido antes do início das vendas, que era de 500 unidades. Os modelos que estarão disponíveis para quem estiver interessado em dispor de aproximadamente US$ 4 milhões (R$ 22,28 milhões, na cotação atual) também são restritos: Pur Sport ou Super Sport.

A confirmação de que a linha de produção da família Chiron será interrompida partiu do próprio diretor de vendas e operações da marca, Hendrik Malinowski. Segundo ele, o capítulo será fechado em breve com “honra e estilo”.

“Com o Chiron Pur Sport e Super Sport, estamos oferecendo aos clientes o culminar de anos de desenvolvimento contínuo da plataforma Chiron. Este espectro de desempenho, seja atingindo o ápice na pista ou navegando nas rodovias em total luxo, leva o Chiron a um nível inteiramente novo. Agora, com tão poucos slots de construção restantes, a pureza da receita W16 está sendo honrada com estilo”, discursou.

Imagem: Divulgação/Bugatti
Imagem: Divulgação/Bugatti

Ainda de acordo com o executivo, o preço estratosférico (pelo menos para a grande maioria) é compatível com o que o cliente desse segmento de carros de luxo procura e, principalmente, com o que a Bugatti entregou desde que deu início à produção do Chiron.

“Nossa base de clientes exigentes em todo o mundo consiste em verdadeiros conhecedores da Bugatti. Eles são indivíduos que trabalham duro e que se desenvolveram por conta própria, que consideram a posse de uma ou várias obras-primas Bugatti como a realização de um sonho. Eles entendem a devoção por trás do design e engenharia pioneiros de cada modelo da Chiron. Seu apreço pela proveniência e desempenho de nossos carros superesportivos vem de uma paixão genuína pela marca”.

Bugatti Chiron e seus marcos

Para quem não conhece, ou não se recorda, o Bugatti Chiron nasceu com um motor W16 8.0 de 1.521 cv de potência e torque de 163 kgfm. Tamanha “brutalidade” é capaz de fazer o carro acelerar de 0 a 100 km/h em 2,4 segundos, bater nos 200 km/h em 6,1 segundos e atingir 300 km/h em 13,1 segundos - se houver pista disponível para tanto, claro.

As primeiras unidades da família Chiron foram entregues aos compradores em março de 2017. Pouco mais de um ano depois, em maio de 2018, o 100º Chiron viajou da França ao Oriente Médio, para a garagem do novo proprietário. A Bugatti construiu o 250º Chiron em fevereiro de 2020, alcançando metade da meta estimada, e chegou ao número 300 em março deste ano. Agora, se você tem condições, e sonha em ter um na garagem, é melhor acelerar, pois restam poucos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos