Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.334,83
    +299,66 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.784,58
    +191,67 (+0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,63
    -1,01 (-1,67%)
     
  • OURO

    1.710,40
    -12,60 (-0,73%)
     
  • BTC-USD

    49.460,68
    +3.112,80 (+6,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    989,31
    +61,08 (+6,58%)
     
  • S&P500

    3.901,82
    +90,67 (+2,38%)
     
  • DOW JONES

    31.535,51
    +603,14 (+1,95%)
     
  • FTSE

    6.588,53
    +105,10 (+1,62%)
     
  • HANG SENG

    29.381,98
    -70,59 (-0,24%)
     
  • NIKKEI

    29.554,75
    -108,75 (-0,37%)
     
  • NASDAQ

    13.259,25
    -20,50 (-0,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7800
    -0,0156 (-0,23%)
     

Quem vai construir o carro da Apple? Aqui estão os candidatos

Debby Wu, River Davis, Gabrielle Coppola e Kyunghee Park
·3 minuto de leitura

(Bloomberg) -- O esforço da Apple para criar um carro trouxe à tona vários parceiros potenciais para fabricação que são capazes de construir um veículo elétrico autônomo para o gigante da tecnologia.

O projeto secreto ganhou força nos últimos meses, adicionando vários ex-executivos da Tesla, ganhando a supervisão do principal executivo de inteligência artificial da Apple e aumentando testes na estrada. A iniciativa, conhecida como Projeto Titan dentro da Apple, está atraindo intenso interesse por causa de seu potencial de fortalecer a indústria automotiva e as cadeias de suprimentos, assim como o iPhone fez com o mercado de smartphones.

Se e quando a Apple se comprometer a construir um carro, é provável que busque vários parceiros -- incluindo um maior para montar o veículo e muitos outros para fornecer componentes essenciais. As seguintes empresas -- cujos representantes não quiseram tecer comentários -- são possíveis candidatas:

Foxconn

A Foxconn Technology já tem um relacionamento próximo com a Apple. Por mais de uma década, tem sido o maior parceiro de produção da empresa, montando a maioria dos iPhones do mundo e uma grande parte de seus Macs e iPads. Em outubro, a Foxconn revelou seu primeiro chassi de veículo elétrico e uma plataforma de software para ajudar as montadoras a lançar modelos no mercado com mais rapidez. Além disso, a empresa planeja lançar uma bateria de estado sólido até 2024.

Magna

Magna, com sede em Ontário, Canadá, é o terceiro maior fornecedor de automóveis no mundo por vendas e tem anos de experiência na fabricação de modelos inteiros de automóveis para uma variedade de marcas. A empresa também tem a vantagem de ter tido um relacionamento anterior com a Apple: os dois estavam em negociações para construir o carro da Apple quando a fabricante de iPhone iniciou este caminho há cerca de cinco anos.

Hyundai ou Kia

Hyundai Motor e sua afiliada Kia Motors chamaram mais atenção até agora este ano, em parte graças à Hyundai inicialmente confirmando relatos na Coreia no mês passado de que estava em negociações com a Apple. Mas a montadora rapidamente retrocedeu e recentemente repetiu que não estava em conversas com a empresa.

Nissan

Embora seja visto como improvável, a Nissan Motor traz elementos que podem ser benéficos para a Apple. Por exemplo, a Nissan já tem uma plataforma EV comum desenvolvida com o parceiro francês Renault, que será usado em seu SUV compacto Ariya, o qual será lançado ainda este ano. Quando questionada se a empresa japonesa estaria disposta a construir carros para a Apple, o CEO Makoto Uchida disse durante coletiva de imprensa que a Nissan “tem o DNA para fazer coisas que os outros não farão”.

Stellantis

Um fator para determinar a adequação de um parceiro para a Apple pode ser a disponibilidade de capacidade de produção. Isso pode apontar para fabricantes de automóveis europeus, como a Stellantis, que vem sofrendo com a queda nas vendas na região e tem espaço livre em algumas fábricas. O CEO Carlos Tavares disse durante uma entrevista coletiva em 19 de janeiro que a Stellantis está aberta para trabalhar com a Apple ou qualquer empresa de tecnologia em EVs, “desde que não crie qualquer dependência de tecnologia” que poria em risco o futuro da montadora.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.