Mercado fechado

Quem tem veículo elétrico em SP pode receber desconto de até R$ 3.200 no IPTU

O abatimento no IPTU será maior para carros mais baratos (Getty Image)
O abatimento no IPTU será maior para carros mais baratos (Getty Image)
  • A ideia sobre o IPTU é estimular a aquisição de veículos elétricos em SP

  • Os veículos são muito mais caros do que os movidos a combustíveis fósseis

  • Nunes disse que a intenção é agilizar ao máximo o processo

Para estimular a compra de veículos elétricos, que ajudam a diminuir a poluição, a Prefeitura de São Paulo determinou que carros elétricos ou movidos a hidrogênio passarão a ter desconto na cobrança do Predial e Territorial Urbano (IPTU).

Apesar de menos poluentes, esses veículos são muito mais caros do que os movidos a combustíveis fósseis. De acordo com o AutoEsporte, os modelos mais baratos dessa categoria custam a partir de R$ 147 mil.

Ainda não foi divulgado como será calculado o desconto para cada condutor. No entanto, o teto estipulado pelo prefeito Ricardo Nunes (MDB) é de R$ 3.292.21. O abatimento será maior para carros mais baratos.

Desde junho de 2021 já existia uma lei que dava descontos para o imposto a donos de elétricos. No entanto, o benefício valia apenas para carros até R$ 150 mil. O problema é que nenhum veículo vendido no país custava só até esse montante.

Em um pronunciamento na Veículo Elétrico Latino-Americano, uma feira de mobilidade elétrica realizada na capital paulista, Nunes disse que a intenção é agilizar ao máximo o processo e colocar em vigor a lei nas próximas semanas.

Vale lembrar que o desconto faz parte do novo Decreto Municipal e entrará na lei 17.563/2021. A ideia é que arte do valor do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) vire créditos para o pagamento do IPTU.

Esse não é o único benefício concedido para quem tem condições financeiras para comprar automóveis elétricos ou híbridos. Desde 2014 eles já pagam apenas 50% de IPVA em São Paulo.