Mercado fechará em 45 mins
  • BOVESPA

    98.441,28
    +146,64 (+0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.572,10
    +68,88 (+0,15%)
     
  • PETROLEO CRU

    98,67
    -0,83 (-0,83%)
     
  • OURO

    1.737,60
    -26,30 (-1,49%)
     
  • BTC-USD

    20.394,21
    +215,73 (+1,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    442,97
    +7,44 (+1,71%)
     
  • S&P500

    3.859,74
    +28,35 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    31.137,13
    +169,31 (+0,55%)
     
  • FTSE

    7.107,77
    +82,30 (+1,17%)
     
  • HANG SENG

    21.586,66
    -266,41 (-1,22%)
     
  • NIKKEI

    26.107,65
    -315,82 (-1,20%)
     
  • NASDAQ

    11.914,50
    +106,00 (+0,90%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5159
    -0,0138 (-0,25%)
     

Os donos dos iates mais caros do mundo

A venda de iates aumentou no Brasil mesmo durante a pandemia de coronavírus. Foto: Getty Creative.
A venda de iates aumentou no Brasil mesmo durante a pandemia de coronavírus. Foto: Getty Creative.
  • O aumento de novos bilionários no mundo impulsionou a venda de superiates;

  • Até setembro do ano passado, mais de 200 superiates foram lançados, movimentando cerca de US$ 600 milhões;

  • O mercado náutico brasileiro faturou R$ 2 bilhões no ano passado.

O relatório “Lucrando com a dor” da ONG Oxfam publicado na última segunda-feira (23) revelou que o mundo ganhou 573 novos bilionários desde o início da pandemia. Os dados são baseados na lista da revista Forbes e apontam a desigualdade social que foi ainda mais aprofundada no período. De acordo com o estudo, um novo bilionário surgiu a cada 30 horas desde 2020.

Com o aumento no número de bilionários, as vendas de iates luxuosos dispararam em 2021. Até setembro do ano passado, mais de 200 superiates foram lançados, movimentando cerca de US$ 600 milhões (R$ 2,89 bilhões).

No Brasil, a venda de iates de luxo também prosperou em meio a crise enfrentada por diversos setores da economia. De acordo com a Associação Brasileira dos Construtores de Barcos e seus Implementos (ACOBAR), o mercado náutico brasileiro faturou R$ 2 bilhões no ano passado.

Veja a seguir alguns dos iates mais caros do mundo e que são seus donos bilionários:

  1. History Supreme

  2. Eclipse

  3. Dubai

  4. Octopus

  5. Topaz

History Supreme

O iate History Supreme é revestido por 100 mil kg de ouro maciço, sendo todo de ouro, da âncora ao casco. Além de ouro e platina, ossos de tiranossauro e cascalhos de meteorito foram utilizados no iate. E as extravagâncias não param por aí: a televisão no interior do iate é decorada com ouro rosa e diamantes e a cama é também folheada a ouro.

O navio pertence a Richard Kuok, o homem mais rico da Malásia, e foi comprado por US$ 4,5 bilhões (R$ 21,7 bilhões).

Eclipse

O eclipse foi durante anos o iate mais caro do mundo avaliado em cerca de 1,1 bilhão de libras, ou R$ 6,68 bilhões na cotação atual. O dono é o magnata russo Roman Abramovich que também é dono do time inglês Chelsea.

O iate tem 170 metros e possui sistema de defesa antimísseis e todos os vidros são blindados. Há também dois helipontos, três barcos e um mini-submarino que pode descer a uma profundidade de 48 metros, além de piscinas, jacuzzis, sauna e discoteca.

Dubai

Construído pela Blohm & Voss e Lürssen Yachts e pertencente a Mohammed bin Rashid Al Maktoum, atua primeiro ministro e vice presidente dos Emirados Árabes Unidos, o iate Dubai é avaliado em US$ 410 milhões (R$ 1,97 bilhão). O barco tem extensão de 163 metros e capacidade de hospedar 24 pessoas, com 12 suítes, além de cinema, jacuzzi, spa, terraço, discoteca e solário.

Octopus

Atualmente utilizado para projetos de pesquisa e missões de resgate, o Octopus já pertenceu ao cofundador da Microsoft Paul Allen. Avaliado em US$ 206 milhões (R$ 996 milhões), o iate é composto de 41 suítes, dois heliportos, uma piscina, dois submarinos, quadra de basquete, sala de cinema e um estúdio.

Topaz

Assim como iate Dubai, o Topaz foi construído pela empresa alemã Lürssen Yachts e pertence ao sheik árabe Mansour Bin Al Nahyan, membro da família real de Abu Dhabi e dono do time de futebol inglês Manchester City. Avaliado em 400 milhões euros (R$ 2 bilhões), a embarcação tem 147 metros de comprimento e está equipada com dois helipontos, três piscinas, sala de cinema e uma enorme sala de conferências.

Em 2014, o ator Leonardo DiCaprio veio ao Brasil a bordo do Topaz com mais 20 convidados para acompanhar a Copa do Mundo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos