Mercado fechará em 2 h 13 min
  • BOVESPA

    100.716,37
    +2.044,11 (+2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.268,25
    +526,75 (+1,10%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,88
    +2,26 (+2,10%)
     
  • OURO

    1.824,10
    -6,20 (-0,34%)
     
  • BTC-USD

    20.715,85
    -496,36 (-2,34%)
     
  • CMC Crypto 200

    451,14
    -10,66 (-2,31%)
     
  • S&P500

    3.896,76
    -14,98 (-0,38%)
     
  • DOW JONES

    31.399,72
    -100,96 (-0,32%)
     
  • FTSE

    7.258,32
    +49,51 (+0,69%)
     
  • HANG SENG

    22.229,52
    +510,46 (+2,35%)
     
  • NIKKEI

    26.871,27
    +379,30 (+1,43%)
     
  • NASDAQ

    12.064,25
    -76,25 (-0,63%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5273
    -0,0251 (-0,45%)
     

Quem inventou o cinema?

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A origem do cinema é geralmente atribuida aos irmãos Lumière, no entanto, para que ele se tornasse o que conhecemos hoje, foi necessário o talento e o empenho de muitos inventores. Nomes como Thomas Edison, Athanasius Kirchner, Leonardo da Vinci, entre outros, foram fundamentais para a criação da sétima arte.

Para entender essa história, é importante saber que a cronologia da era pré-cinema é vasta e trata da invenção do Teatro de Sombras, da Câmara Escura, da Lanterna Mágica, do Fenacistoscópio, do Praxinoscópio e do Fuzil Fotográfico.

Todos esses inventos antecedem a criação do Cinetoscópio em 1890, por William Dickson, engenheiro chefe do Edison Laboratories (empresa de Thomas Edison). Ele foi um instrumento de projeção interna de filmes de até 15 minutos.

Thomas Edison foi um dos nomes importantes na criação do cinema (Imagem: Reprodução/Marius GERE, Unsplash)
Thomas Edison foi um dos nomes importantes na criação do cinema (Imagem: Reprodução/Marius GERE, Unsplash)

Com esse aparelho em mãos, Thomas Edison começou a produzir e exibir uma série de filmes curtos, no que seria o primeiro estúdio de cinema do mundo. O instrumento ganhou popularidade e rapidamente começou a ser distribuído pela Europa.

A origem da palavra cinema

Após cinco anos da criação do Cinetoscópio , em 1895, o aparelho foi aprimorado pelos irmãos Auguste e Louis Lumière, que acabaram criando uma variação mais moderna do tal. Foi assim que surgiu o Cinematógrafo, que dá origem à palavra cinema.

O aparelho desenvolvido por eles é considerado o ancestral da filmadora. Ele era movido à manivela e utilizava negativos perfurados. Como era leve, para os padrões da época, permitiu filmagens externas.

Cinema vem de cinematógrafo, um aparelho considerado o pai da filmadora (Imagem: Reprodução/Luis Quintero, Pexels)
Cinema vem de cinematógrafo, um aparelho considerado o pai da filmadora (Imagem: Reprodução/Luis Quintero, Pexels)

Os irmãos franceses, que eram filhos de um fotógrafo e proprietário de uma indústria de filmes e papéis fotográficos (vale dizer), fizeram mais de mil curtas-metragens com o aparelho.

Em geral, essas filmagens retratavam a vida cotidiana, e a primeira a ser exibida foi A Saída da Fábrica Lumière em Lyon (La Sortie de l’unsine Lumière à Lyon), que aconteceu no dia 22 de março de 1895 no Grand Café Paris para uma pequena plateia. Essa foi a primeira exibição de fato de uma sessão de cinema.

Quando o cinema chegou ao Brasil?

Em 8 de julho de 1896 aconteceu a primeira sessão de cinema do Brasil. Realizada na Rua do Ouvidor, no Rio de Janeiro, o evento foi amplamente divulgado na época e contou com a exibição de filmes curtos que retratavam diferentes imagens de cidades europeias.

Apesar dessa estreia, o cinema se consolidou no Brasil apenas nas primeiras décadas do século XX, quando o fornecimento de energia elétrica ficou mais estável.

Por que o cinema é considerado a sétima arte?

O cinema recebeu o nome de sétima arte pelo intelectual Ricciotto Canudo (Imagem:Pavel Danilyuk/Pexels)
O cinema recebeu o nome de sétima arte pelo intelectual Ricciotto Canudo (Imagem:Pavel Danilyuk/Pexels)

O cinema passou a ser chamado de sétima arte em 1911, quando o intelectual italiano Ricciotto Canudo publicou o Manifesto das Sete Artes, afirmando que ele seria a síntese de todas as outras.

“Por ser uma arte do espaço e do tempo, o cinema seria a grande síntese de todas, a sétima arte, pois parte de uma imagem projetada em uma superfície, como a pintura ou a fotografia, mas envolve o movimento, relacionando-se ao ritmo, ao tempo”.

Quais são os clássicos do cinema?

Desde a criação da sétima arte, milhares de filmes já foram exibidos e muitos se tornaram clássicos. O Canaltech separou 3 deles para você.

O Poderoso Chefão (1972)

Franquia de O Poderoso Chefão ganhou diversos prêmios (Imagem:Reprodução/ Paramount Pictures)
Franquia de O Poderoso Chefão ganhou diversos prêmios (Imagem:Reprodução/ Paramount Pictures)

Dirigido por Francis Coppola, o longa retrata o submundo da máfia e traz como protagonista o astro Marlon Brando.

A obra fez tanto sucesso que teve continuação. Ao todo são 3 filmes da franquia, que foram indicados a diversas premiações.

Bonequinha de Luxo (1961)

Audrey Hepburn estrela o clássico Bonequinha de Luxo (Imagem:Reprodução/ Paramount Pictures)
Audrey Hepburn estrela o clássico Bonequinha de Luxo (Imagem:Reprodução/ Paramount Pictures)

Quem não conhece Bonequinha de Luxo? Você pode até não ter visto o clássico, mas com certeza já ouviu falar dele. O filme conta a história de uma garota nova-iorquina que decide se casar com um milionário, mas vê seus planos mudarem ao conhecer um jovem escritor bancado pela amante.

O longo é estrelado por Audrey Hepburn e ganhou diversos prêmios, entre eles o Oscar de Melhor Trilha Sonora Original.

Psicose (1960)

Psicose é um clássico de suspense dirigido por Alfred Hitchcock (Imagem:Reprodução/ Paramount Pictures)
Psicose é um clássico de suspense dirigido por Alfred Hitchcock (Imagem:Reprodução/ Paramount Pictures)

Psicose é um clássico não apenas do cinema, mas também do gênero de suspense. Dirigido por Alfred Hitchcock, o filme conta a história de uma mulher que, após roubar US$ 40 mil, foge durante uma tempestade e acaba se hospedando em um hotel cuja proprietária e seu filho são bem estranhos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos