Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.247,15
    -2.542,18 (-2,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.394,03
    -1.070,00 (-2,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,20
    -0,39 (-0,36%)
     
  • OURO

    1.815,20
    -0,70 (-0,04%)
     
  • BTC-USD

    29.127,61
    -1.405,42 (-4,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,57
    -20,11 (-3,00%)
     
  • S&P500

    3.923,68
    -165,17 (-4,04%)
     
  • DOW JONES

    31.490,07
    -1.164,52 (-3,57%)
     
  • FTSE

    7.438,09
    -80,26 (-1,07%)
     
  • HANG SENG

    20.644,28
    +41,76 (+0,20%)
     
  • NIKKEI

    26.911,20
    +251,45 (+0,94%)
     
  • NASDAQ

    11.900,50
    -35,00 (-0,29%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2194
    +0,0090 (+0,17%)
     

Quem inventou o avião?

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Um dos maiores questionamentos da história da humanidade e que envolve veículos e tecnologia é: quem inventou o avião? A depender da região ou país, a história pode ser contada de diferentes maneiras e há muitos pontos de vista a serem discutidos.

Historicamente, dois episódios dividem a paternidade da aviação: o primeiro voo do 14 Bis, de Santos Dumont, nos campos de Bagattelle, em Paris, no dia 23 de outubro de 1906; e a aeronave criada pelos estadunidenses Irmãos Wright em 17 de dezembro de 1903, que teve voo controlado por alguns quilômetros.

Sob o ponto de vista cronológico, a resposta óbvia é que os Irmãos Wright inventaram o avião, que, na época, seria um objeto mais pesado do que o ar e que pudesse ser controlado. Mas, de acordo com regras estabelecidas em Paris, o 14 Bis do brasileiro Santos Dumont foi, sim, o primeiro avião da história.

Concurso em Paris com Santos Dumont

O final do século XIX foi recheado de experimentos de voo e máquinas que pudessem levar o homem para o alto. O próprio Alberto Santos Dumont, considerado o pai da aviação brasileira, era um dos entusiastas desses projetos, tendo, inclusive, projetado balões e dirigíveis, que conseguiram fazer bons voos, mas sem muito controle.

O Aeroclube da França, fundado em 1898, foi o lar de muitos desses projetos e concentrava as ações no campo da aviação no mundo. Melhor para Dumont, claro, que teve seus projetos exitosos expostos e testados com muitas testemunhas.

Os registros do dia 23 de outubro de 1906 são considerados os mais importantes da aviação mundial para muita gente — menos para os Irmãos Wright e muitos especialistas dos EUA.

Irmãos Wright: sem provas, mas com resultado superior

Ao observar anos depois que a máquina inventada pelos Irmãos Wright era sensivelmente superior a de Santos Dumont, a história contada por eles passou a fazer mais sentido. Mas, até que os franceses tivessem a certeza da capacidade do Wright Flyer, o brasileiro seguia em vantagem.

Demonstração do Wright Flyer (Imagem: Reprodução/Tom Wigley)
Demonstração do Wright Flyer (Imagem: Reprodução/Tom Wigley)

Ao descobrir que um avião semelhante ao seu estava voando pela Europa em testes e demonstrações, os estadunidenses enviaram correspondências à França avisando que três anos antes, em 1903, eles próprios haviam inventado um veículo voador mais competente e melhor do que o 14 Bis.

O problema, no entanto, foi provar a existência do Wright Flyer, algo que só aconteceu anos depois, em demonstração na Europa.

Afinal, quem inventou o avião?

Por mais que o Aeroclube da França considere Santos Dumont como o inventor do primeiro avião, as provas de que os Irmãos Wright, de fato, criaram a primeira aeronave são suficientes, sobretudo após eles enviarem documentações e registros justamente ao Aeroclube da França.

Independentemente da ordem dos fatores, os brasileiros podem ter orgulho de Santos Dumont, que teve seu legado na aviação perpetuado por empresas fortes no setor dentro do Brasil, como a Embraer.

Com informações: Lito Sousa (Flow Podcast), Aventuras na História, Aviation Outlet

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos