Mercado fechado

Quem é Bruno Covas: biografia do candidato do segundo turno em SP

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
Bruno Covas aparece em primeiro lugar nas pesquisas de intenção de voto (Foto: Reprodução/ TV Cultura)
Bruno Covas aparece em primeiro lugar nas pesquisas de intenção de voto (Foto: Reprodução/ TV Cultura)

Sucessor de João Dória – de quem era vice – na Prefeitura de São Paulo, Bruno Covas não se deixou abater por uma série de percalços à frente de sua gestão na maior cidade do país, tanto que se candidatou para um novo mandato – o primeiro que pode mesmo chamar de seu – e foi o candidato mais votado no turno do dia 15 de novembro.

A atuação do governo municipal diante da pandemia do coronavírus foi um dos divisores da gestão do neto de Mário Covas. Uma das cidades mais atingidas do País, São Paulo passou por um longo lockdown, e, quando o Estado começou a flexibilizar o isolamento, Bruno não seguiu a recomendação do governador João Dória e manteve, por exemplo, escolas fechadas, dividindo a opinião pública.

Leia também

Mas esse não foi o único desafio desse santista de 40 anos, formado em direito e economia, já que, diante de problemas de saúde, acabou se mudando para a prefeitura para conseguir administrar a cidade. Além de ser uma das vítimas da covid-19, também foi tratado de um tumor no trato digestivo.

Diferentemente de seu adversário no segundo turno, no próximo dia 29, Guilherme Boulos, Covas, de 40 anos, tem longo histórico político, influenciado pelo avô, o ex-governador de São Paulo Mário Covas. Foi deputado estadual, federal e secretário estadual de Meio Ambiente de São Paulo.

Começou sua carreira política em 2004, quando se candidatou a vice-prefeito de Santos na chapa de Raul Christiano pelo PSDB. Nos anos de 2005 e 2006, foi assessor da liderança dos Governos de Geraldo Alckmin e Cláudio Lembo, na Assembleia Legislativa.