Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.976,70
    -2.854,30 (-2,55%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.668,64
    -310,36 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    75,80
    -0,48 (-0,63%)
     
  • OURO

    1.752,10
    -1,90 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    16.460,16
    -7,12 (-0,04%)
     
  • CMC Crypto 200

    387,15
    +4,49 (+1,17%)
     
  • S&P500

    4.026,12
    -1,14 (-0,03%)
     
  • DOW JONES

    34.347,03
    +152,93 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.486,67
    +20,07 (+0,27%)
     
  • HANG SENG

    17.573,58
    -87,32 (-0,49%)
     
  • NIKKEI

    28.201,55
    -81,48 (-0,29%)
     
  • NASDAQ

    11.710,00
    -72,75 (-0,62%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,6174
    -0,0070 (-0,12%)
     

Quem é Toussaint e qual sua importância no MCU?

A cena pós-crédito de Pantera Negra: Wakanda para Sempre é o grande clímax da homenagem que o longa é a Chadwick Boseman e a seu legado como herói do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU, na sigla em inglês). É uma sequência muito bonita e repleta de significado dentro e fora das telas — e tudo girando em torno do pequeno Toussaint (Divine Love Konadu-Sun).

A cena é centrada em Shuri (Letitia Wright) realizando o ritual de fim de luto e queimando as roupas usadas no funeral de seu irmão. Tudo isso acontece em uma praia do Haiti, onde Nakia (Lupita Nyong’o) administra um dos centros de ajuda de Wakanda.

Atenção! Este texto tem spoilers de Pantera Negra: Wakanda para Sempre.

O nome esolhido por Nakia para seu filho tem um peso enorme (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)
O nome esolhido por Nakia para seu filho tem um peso enorme (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)

E é lá que ela descobre ter um sobrinho, Toussaint, filho de T’Challa com Nakia. A revelação pega não só a personagem, mas também o público. No entanto, é algo tão bem construído que coroa muito bem a homenagem a Boseman e ao Pantera Negra, culminando nesse legado vivo que agora existe no MCU.

Quem é Toussaint?

Ao contrário da maior parte das revelações do tipo feitas pela Marvel, nada envolvendo Toussaint tem relação com os quadrinhos. O personagem não existe nos gibis e foi criado especialmente para Wakanda para Sempre. Como dito, a ideia é que ele seja a personificação do legado de T’Challa.

E há todo um contexto em torno disso que dá um peso muito maior a esse simbolismo — a começar pelo nome. Toussaint é uma referência a Toussaint Louverture, um importante personagem histórico e da cultura negra nas Américas. Ele foi um dos principais líderes da Revolução Haitiana, liderando escravos a lutarem contra seus senhores e levando o país a ser o primeiro da região a declarar independência de sua colônia europeia.

Trata-se de uma figura muito representativa, pois ele é um símbolo de resistência à violência que os negros sempre sofreram nas Américas, sendo uma figura de influência para os movimentos abolicionistas que se espalham pelo continente a partir do fim do século XVIII. Ele personifica tanto essa revolta como também o ideal de um país formado por esse povo agora liberto — o que aproxima muito o Haiti de Wakanda.

Toussaint Louverture é uma das principais lideranças negras nas Américas (Imagem: Reprodução/Wikimedia Commons)
Toussaint Louverture é uma das principais lideranças negras nas Américas (Imagem: Reprodução/Wikimedia Commons)

Assim, a escolha da Marvel de dar esse nome para o filho de T’Challa tem um peso enorme. Da mesma forma que o Pantera Negra passou a simbolizar esse orgulho negro em todo o mundo depois da estreia do filme de 2018, agora vemos o seu filho resgatar um personagem histórico com uma bagagem ainda maior.

E, para fechar esse pacote todo, Toussaint revela que esse é seu nome fora de Wakanda e que, na verdade, ele é o príncipe T’Challa, batizado em homenagem ao pai herói — ou seja, carregando também esse legado.

Toussaint e o MCU

Diante disso tudo, chega até a ser injusto limitar o personagem à infame pergunta “O que isso representa para o futuro do MCU”. Afinal, mesmo que Toussaint não apareça mais em nenhum filme, a homenagem e o recado dado com sua breve aparição já fizeram valer tudo.

Ainda assim, não dá para ignorar que a Marvel deixou algumas pontas soltas ali que podem indicar um retorno do personagem — principalmente como um novo Pantera Negra no futuro.

O presidente do Marvel Studios, Kevin Feige, sempre falou que jamais iria escalar outro ator para viver T’Challa, pois o vácuo deixado por Boseman era grande demais para ser preenchido assim. Dessa forma, a melhor maneira de homenagear o eterno Rei de Wakanda seria torná-lo presente em sua ausência — o que Wakanda para Sempre faz muito bem.

Sinceramente? A Marvel não precisa se apressar para transformar a criança em um novo Pantera Negra (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)
Sinceramente? A Marvel não precisa se apressar para transformar a criança em um novo Pantera Negra (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)

No entanto, ao revelar que o filho do herói também se chama T’Challa, o estúdio deixa uma brecha interessante para manter sua palavra ao mesmo tempo em que apresenta um novo Pantera Negra. Estaria, portanto, Toussaint sendo preparado para assumir o manto do herói?

Não há nada no filme que indique isso e tampouco Feige ou algum produtor comentou o assunto, sendo apenas uma especulação dos fãs. Mas é algo que faz sentido, pois permitiria que o MCU tivesse um T’Challa mais uma vez no trono do país africano e sob a máscara do Pantera Negra. A diferença é que, no caso, seria alguém que carregaria consigo uma bagagem muito maior dentro e fora da tela.

O grande ponto é que essa solução não seria nem mesmo para um Pantera Negra 3. Pelo que a cronologia do MCU aponta, Toussaint tem apenas seis anos de idade, o que significa que seria preciso esperar ainda um bom tempo até que ele tivesse idade o suficiente para ocupar o lugar de seu pai. Ou isso ou podemos ser surpreendidos com alguma maluquice de roteiro vinda do multiverso nas Fases 5 e 6.

Mas vamos ser sinceros: não precisa. Embora a escolha de Shuri como sucessora de T’Challa não tenha sido um consenso, essa foi a melhor saída possível. Do jeito que foi apresentado, Toussaint é um personagem muito interessante por carregar esse universo de significados e correr para transformá-lo em um herói apenas para satisfazer o fã pode ser reduzir tudo isso a um fanservice desnecessário.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: