Mercado fechará em 1 h 24 min
  • BOVESPA

    106.771,61
    -2.170,07 (-1,99%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.852,26
    -1.747,12 (-3,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,33
    -2,81 (-3,30%)
     
  • OURO

    1.835,90
    +4,10 (+0,22%)
     
  • BTC-USD

    34.730,49
    -614,20 (-1,74%)
     
  • CMC Crypto 200

    785,15
    -25,45 (-3,14%)
     
  • S&P500

    4.231,33
    -166,61 (-3,79%)
     
  • DOW JONES

    33.195,26
    -1.070,11 (-3,12%)
     
  • FTSE

    7.297,15
    -196,98 (-2,63%)
     
  • HANG SENG

    24.656,46
    -309,09 (-1,24%)
     
  • NIKKEI

    27.588,37
    +66,11 (+0,24%)
     
  • NASDAQ

    13.727,00
    -699,50 (-4,85%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2490
    +0,0590 (+0,95%)
     

Queiroga considera CoronaVac para vacinação infantil: "Vamos liderar o ranking"

·2 min de leitura

Brasil deve liderar ranking de vacinação infantil contra a covid-19. Pelo menos, esse é o palpite do Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Nesta terça (11), ele expôs uma visão otimista diante do posicionamento do país nessa lista mundial, e aproveitou para falar sobre a CoronaVac, que tem sido considerada como uma alternativa para o público infantil, que até então conta apenas com o imunizante da Pfizer.

"Com a capacidade do nosso sistema de saúde, vamos liderar o ranking de vacinação infantil como estamos liderando o ranking de maneira geral", afirmou o Ministro. Na ocasião, mencionou que o índice de imunização de crianças em determinados países, como Israel e Canadá — que começaram a imunização em novembro de 2021 — é considerado baixo.

Mais de 20 milhões de doses da Pfizer para crianças de 5 a 11 anos já foram encomendadas pelo Ministério da Saúde para o primeiro trimestre de 2022. Na última segunda (10), a pasta anunciou que a farmacêutica antecipou 600 mil doses para o mês de janeiro. A expectativa é que o primeiro lote chegue na quinta (13), e a vacinação infantil tenha início na sexta-feira (14).

CoronaVac para vacinação infantil

Vacinação infantil começa na sexta-feira (14) no Brasil (Imagem: Prostock-studio/Envato Elements)
Vacinação infantil começa na sexta-feira (14) no Brasil (Imagem: Prostock-studio/Envato Elements)

Segundo o Ministro, a Coronavac pode ser considerada para a imunização infantil, caso seja aprovada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária): "Todas as vacinas aprovadas pela Anvisa podem ser consideradas para o plano de operacionalização da vacinação contra a covid-19. Se a Anvisa aprovar, o ministério vai ver as condições de aprovação e liberar o imunizante para a população brasileira". apontou.

No entanto, o posicionamento inicial do Ministério da Saúde foi exigir receita médica para que as crianças tivessem acesso à vacina. A pasta conduziu uma consultoria pública sobre o assunto, mas o voto da maioria foi justamente para que não houvesse essa exigência.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos