Mercado fechará em 6 h 35 min
  • BOVESPA

    112.853,18
    -959,69 (-0,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.729,80
    -4,24 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,55
    -0,95 (-1,05%)
     
  • OURO

    1.770,50
    -0,70 (-0,04%)
     
  • BTC-USD

    21.553,70
    -1.963,03 (-8,35%)
     
  • CMC Crypto 200

    511,12
    -46,61 (-8,36%)
     
  • S&P500

    4.283,74
    +9,70 (+0,23%)
     
  • DOW JONES

    33.999,04
    +18,72 (+0,06%)
     
  • FTSE

    7.560,73
    +18,88 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    19.773,03
    +9,12 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    28.930,33
    -11,81 (-0,04%)
     
  • NASDAQ

    13.384,00
    -139,25 (-1,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2274
    +0,0136 (+0,26%)
     

Queda no preço do diesel pode dar voto de caminhoneiros a Bolsonaro, diz líder da categoria

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
BRASILIA, DF, 04.08.2022 - O presidente Jair Bolsonaro (PL) acompanhado da primeira dama Michelle Bolsonaro e do ministro da Defesa General Paulo Sérgio Nogueira, durante cerimônia de cumprimento aos oficiais generais recém promovidos, no Palácio do Planalto, em Brasília, DF, nesta quinta-feira. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
BRASILIA, DF, 04.08.2022 - O presidente Jair Bolsonaro (PL) acompanhado da primeira dama Michelle Bolsonaro e do ministro da Defesa General Paulo Sérgio Nogueira, durante cerimônia de cumprimento aos oficiais generais recém promovidos, no Palácio do Planalto, em Brasília, DF, nesta quinta-feira. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O anúncio do corte de R$ 0,20 no preço do diesel nas refinarias pela Petrobras animou caminhoneiros foi bem recebido entre os caminhoneiros.

José Roberto Stringasci, presidente da associação de motoristas ANTB, diz que a categoria pode atribuir positivamente a Bolsonaro o corte no preço.

A baixa se somaria ao Auxílio Caminhoneiro, benefício dado pelo governo a esses trabalhadores meses antes das eleições.

"Teve uma grande parte que mudou de pensamento, mas hoje uns 70% da categoria continua apoiando. E, com certeza, eles vão atribuir tudo que está acontecendo ao presidente", afirma Stringasci.

Ele ressalva que será necessário esperar para ver como a redução chegará aos postos de combustíveis.

Essa é a mesma avaliação de Wallace Landim, o Chorão, um dos principais líderes da grande paralisação de 2018. Segundo ele, caso chegue na bomba, a "redução pode ser positiva no combate à inflação".

Embora o preço da gasolina venha sofrendo consecutivas quedas, devido ao impacto do corte das alíquotas de ICMS sobre os combustíveis, o diesel continua em um patamar elevado, acima dos R$ 7 nas bombas dos postos.

O valor final do combustível no Brasil sentiu menos o recente corte de ICMS porque a maior parte dos estados já cobrava alíquotas menores do que o teto estabelecido pela nova lei.

Na semana passada, o preço médio do diesel nos postos recuou só 0,3%, para R$ 7,42, de acordo com a ANP. A queda nas últimas cinco semanas chegou a apenas 2% –ou R$ 0,15 por litro.

Há, também, forte pressão sobre o preço associada aos efeitos da Guerra da Ucrânia. Com cortes da Rússia ao gás natural fornecido para a Europa, o diesel vira substituto, estimula a procura pelo combustível e pressiona os preços antes do inverno no hemisfério norte.

Líderes de caminhoneiros pedem que a Petrobras mude a política de preços, que leva em consideração os valores de referência no mercado internacional.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos