Mercado abrirá em 2 h 32 min
  • BOVESPA

    110.580,79
    +234,97 (+0,21%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.304,04
    -72,85 (-0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    111,26
    +1,49 (+1,36%)
     
  • OURO

    1.853,60
    -11,80 (-0,63%)
     
  • BTC-USD

    29.739,17
    +435,86 (+1,49%)
     
  • CMC Crypto 200

    661,06
    +5,23 (+0,80%)
     
  • S&P500

    3.941,48
    -32,27 (-0,81%)
     
  • DOW JONES

    31.928,62
    +48,38 (+0,15%)
     
  • FTSE

    7.528,15
    +43,80 (+0,59%)
     
  • HANG SENG

    20.171,27
    +59,17 (+0,29%)
     
  • NIKKEI

    26.677,80
    -70,34 (-0,26%)
     
  • NASDAQ

    11.787,50
    +16,50 (+0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1420
    -0,0302 (-0,58%)
     

Queda de assinantes da Netflix deixa dúvida entre cenário macro e competição, diz XP

·1 min de leitura
*ARQUIVO* São Paulo, SP, Brasil, 21-08-2019: Still Netflix  (foto Gabriel Cabral/Folhapress)
*ARQUIVO* São Paulo, SP, Brasil, 21-08-2019: Still Netflix (foto Gabriel Cabral/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A perda de assinantes divulgada pela Netflix neste mês não deve sinalizar um alerta para o mercado de streaming em geral, mas fica a dúvida sobre quanto dessa queda está ligado a questões macro, que poderiam impactar outras empresas, e quanto tem de causas inerentes à competição e à perda de participação de mercado, segundo a avaliação de Fernando Ferreira, estrategista chefe da XP.

Uma parte do baque tem a ver com queda na renda disponível, que pode ter levado o consumidor a cortar assinatura porque o custo de vida subiu e foi preciso fazer escolhas. Outra fatia da queda é atribuída à competição, com perda de participação de mercado para os serviços de streaming de Amazon e Disney.

"O grande desafio do Netflix é que eles competem com empresas gigantes que têm outras linhas de negócio e não estão com uma visão de gerar lucro nesse negócio de streaming. Para a Amazon, o business é outro. Eles têm o streaming, não para fazer dinheiro nisso, mas muito mais para criar lealdade dos consumidores que assinam o Prime. Na Disney, cresceram muito rápido. É uma competição difícil", diz Ferreira.

No cenário de alta dos juros, com o Federal Reserve dando indicações de aceleração, o mercado também fica mais arisco com as empresas de crescimento, como as ações de tecnologia.

"Qualquer problema que a empresa tenha, nesse cenário de juros em alta, acaba sendo mais exacerbado. O mercado tem reações bem mais fortes. Isso tem muito a ver com o cenário macro que estamos vivendo", afirma o estrategista da XP.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos