Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.094,22 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,95 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,15
    +0,08 (+0,11%)
     
  • OURO

    1.799,00
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    35.946,25
    +1.978,60 (+5,82%)
     
  • CMC Crypto 200

    867,76
    +74,03 (+9,33%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,15 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,82 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    28.005,60
    +457,60 (+1,66%)
     
  • NASDAQ

    15.103,25
    +5,25 (+0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1174
    -0,0042 (-0,07%)
     

Quebrando o gelo: empresas propõem usar motor de foguete para minerar gelo lunar

·2 minuto de leitura

Para ser possível estabelecer a presença humana permanente na Lua, alguns recursos naturais serão essenciais — e um deles é a água. Assim, a NASA criou o desafio "Break the Ice Lunar Challenge" para buscar soluções para a escavação de gelo em nosso satélite natural. Entre os participantes, está a equipe formada pelas empresas Masten Space Systems, Lunar Outpost e Honeybee Robotics, que propõem usar motores de foguetes para extrair a água congelada da Lua.

No ano passado, a NASA divulgou o resultado de dois estudos que mostraram existir água em regiões lunares iluminadas pelo Sol — e que, talvez, a água esteja distribuída na superfície lunar. Como a água será de enorme importância não somente para a sobrevivência dos futuros astronautas que estiverem em nosso satélite natural, como também para a produção de combustível de foguetes, descobrir formas de obtê-la é essencial.

É aqui que entra a competição da agência espacial norte-americana, que irá premiar em até US$ 500 mil os conceitos mais promissores apresentados na primeira fase. O time formado pelas três empresas está participando do desafio com o projeto Rocket Mining System, que propõe extrair compostos voláteis rapidamente, usando um motor de foguete sobre um domo pressurizado, instalado em um rover. O dispositivo iria criar crateras com mais de 2 m de profundidade, e o material liberado a cada disparo seria coletado em um sistema a vácuo.

Ali, o gelo e as partículas de poeira seriam separados e transferidos para contêineres de armazenamento. Segundo a Masten, o sistema foi criado para minerar até 12 crateras por dia, extraindo 100 kg de gelo em cada uma.

O sistema de mineração com foguete teria a vantagem de permitir o acesso a voláteis perto de rochas e obstáculos diversos e, como não existem máquinas pesadas ou manutenção constante, seria de baixo custo. Depois, a água armazenada pode passar por eletrólise para a separação do oxigênio e hidrogênio, que podem ser usados para alimentar o foguete para mais cinco anos de escavação.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos