Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.516,79
    +352,00 (+0,83%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

‘#QueVergonhaItaú’ volta a ser assunto no Twitter; acompanhe

·1 minuto de leitura
O número corresponde a quase 10% dos 4,2 mil pontos físicos do banco no país até final de março (Foto: Reprodução/Facebook Itaú)
(Foto: Reprodução/Facebook Itaú)
  • Bancários do Itaú lançam campanha contra demissões e metas abusivas;

  • “Projeto Itaú 2030” será expandido para 9 estados, segundo direção do banco;

  • Reestruturação tem causado demissões, fechamento de agências e alteração nas funções;

Nesta tarde (26/07), usuários do Twitter voltaram a criticar os processos de reestruturação do Banco Itaú, que têm afetado significativamente os trabalhadores por meio de demissões, fechamento de agências e alteração nas funções. Segundo as manifestações, os programas de metas abusivas determinados pela direção do banco têm gerado uma realidade de assédio moral institucionalizado na empresa, o que também tem resultado no adoecimento de um grande número de bancários.

Leia também:

De acordo o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, todas estas medidas causadas pela direção da instituição financeira elevam a sobrecarga de trabalho e ampliam a rotatividade nos postos de trabalho. No mês passado, o sindicato lançou uma campanha a fim de pressionar a direção do Itaú a rever essas práticas que causam sofrimento em um grande número de bancários, bem como para alertar a sociedade a respeito dos problemas pelos quais enfrentam cotidianamente os empregados de uma das maiores instituições financeiras do país.

Até o momento, o banco não se posicionou. Acompanhe a repercussão no Twitter:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos